Ontem e hoje...

11/09/2008

Tenho algumas lembranças estranhas que nunca sairam da minha mente em todos esses anos. A primeira é de  quando lavei seu cabelo pela primeira vez, depois daquele terrível acidente de carro que você sofreu. Lembro da quantidade de sangue que escorria pela bacia conforme eu ia jogando a água, e que eu chorei naquele momento. Eu era a sua enfermeira e foi seu primeiro dia no hospital. Foi uma sensação muito estranha, eu mal te conhecia e já sentia ternura pela calma que você transparecia sentir, sempre bem humorado, atencioso...

Nossa! Você podia ter morrido naquele acidente! smile_omg

Lembro também que tirei 123 pontos de todo o lado esquerdo do teu corpo, literalmente dos pés a cabeça! Lembro dos curativos que eu fazia na sua perna e dos pinos colocados nela. Lembro que o seu médico disse que você talvez não voltasse a caminhar... Lembro da tua dor.

Foram menos de 4 meses de convivência com você, mas valeram por uma vida inteira. A nossa afinidade foi tanta que quase publicamos um livro juntos - "Devaneios Urbanos e Dulces Palavras" - Lembro que a gente ouvia Enya e Kenny G enquanto organizava o projeto do livro, tudo isso entre os intervalos dos curativos.

Mas... Por algum motivo o livro ficou só no rascunho e a vida se encarregou de nos separar durante 15 anos!

Até que nos reencontramos quando você resolveu abrir um blog e achou um poema seu na rede através do Google, no MEU blog... Foi como um caminhão trombando numa carreta como você bem definiu!

E hoje estamos aqui, recomeçando a nossa amizade do ponto onde parou e eu estou muito feliz por isso!

Então... hoje é o seu aniversário e eu quero te dar de presente um poema que eu gosto muito e me faz lembrar de você:

feliz_aniversario

Se eu morrer antes de você
Chico Xavier

Se eu morrer antes de você, faça-me um favor.
Chore o quanto quiser, mas não brigue com Deus por Ele haver me levado.
Se não quiser chorar, não chore.
Se não conseguir chorar, não se preocupe.
Se tiver vontade de rir, ria.
Se alguns amigos contarem algum fato a meu respeito, ouça e acrescente sua versão.
Se me elogiarem demais, corrija o exagero.
Se me criticarem demais, defenda-me.
Se me quiserem fazer um santo, só porque morri, mostre que eu tinha um pouco de santo, mas estava longe de ser o santo que me pintam.
Se me quiserem fazer um demônio, mostre que eu talvez tivesse um pouco de demônio, mas que a vida inteira eu tentei ser bom e amigo.
Espero estar com Ele o suficiente para continuar sendo útil a você, lá onde estiver.
E se tiver vontade de escrever alguma coisa sobre mim, diga apenas uma frase:
- "Foi meu amigo, acreditou em mim e me quis mais perto de Deus!"
- Aí, então derrame uma lágrima.
Eu não estarei presente para enxugá-la, mas não faz mal.
Outros amigos farão isso no meu lugar.
E, vendo-me bem substituído, irei cuidar de minha nova tarefa no céu.
Mas, de vez em quando, dê uma espiadinha na direção de Deus.
Você não me verá, mas eu ficaria muito feliz vendo você olhar para Ele.
E, quando chegar a sua vez de ir para o Pai, aí, sem nenhum véu a separar a gente,vamos viver, em Deus, a amizade que aqui nos preparou para Ele.
Você acredita nessas coisas?
Então ore para que nós vivamos como quem sabe que vai morrer um dia, e que morramos como quem soube viver direito.
Amizade só faz sentido se traz o céu para mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo o seu começo.
Mas, se eu morrer antes de você, acho que não vou estranhar o céu..
"Ser seu amigo... já é um pedaço dele..."

Recados e Imagens - Te Adoro - Orkut

Tudo de bom pra você Urbano, não só hoje, mas sempre!

20 comentários:

  1. Querida Du,

    É por essas e muitas outra sque viver vale muito a pena. É por algo assim que vale cada segundo de nossas vidas, pelos nossos sentimentos, sempre tão verdadeiros e intensos, e por cada reencontro que a vida nos dá de presente...

    Linda homenagem!
    Lindo o poema de Chico Xavier...
    Parabéns Urbano, e a você, toda a felicidade do mundo!

    ResponderExcluir
  2. Ah Du,
    Esqueci de dizer: Tem posts novos no Fragmentos e no Caminhando, rs...Obrigada pelas visitas querida! Beijo e um lindo dia para você!

    ResponderExcluir
  3. Du, Moça linda do coração de ouro!

    Hoje te prometo que não faço um comentário do tamanho de um post.

    Adorei a homenagem!
    Adorei te reencontrar!
    Adorei poder recomeçar a nossa amizade de onde paramos!
    Adorei o poema!
    Adorei a música!
    Eu te adoro!

    Muito obrigado!

    Urbano

    ResponderExcluir
  4. Que homenagem linda, Du!
    Tenho certeza que o Urbano merece!
    Parabéns pra ele!

    E quero deixar escrito aqui que vou querer o livro "Devaneios Urnabos e Dulcer Palavras" (não podia haver um título melhor) dedicado e autografado, viu? (Digo isso porque minha mãe me ensinou a tratar nossas vontades como fatos. Se desejo que vocês escrevam esse livro, então pronto, vocês vão escrever.)

    Boa sorte pros dois!

    Beijos, Du!

    Camila

    ResponderExcluir
  5. Que bonito Dú!!!

    Emocionante! É tão bom reencontrar pessoas tão especiais! Que vocês não percam mais o contato e parabéns ao Urbano!!!!

    ResponderExcluir
  6. Aiiii que lindo!!!

    Hoje, qndo acordei, estava pensando justamente sobre como a blog'sfera aproxima as pesssoas. Eu tive o privilegio de conhecer pessoas espetaculares e reencontrar uma pessoinha mto especial tbm!!

    Dú,
    vc realmente sabe usar as palavras com tanto carinho que emociona todo mundo que por aqui passa. A mistura das palavras do Chico com as suas palavras, ficou perfeita!!
    Menina, vc arrasa!!!

    BEijos no seu coração!
    Felicidades pro Urbano!!

    ResponderExcluir
  7. Um amor de poema. Não é um poema mas parece. Tem doçura em cada palavra. hi!! Agora tem James Taylor!!! Deixa eu sair daqui senão eu vou chorar!! Mesmo!!!!!!!! Bj

    ResponderExcluir
  8. Que os anjos digam amém aos seus desejos mais profundos, Du! Esta história daria um belo livro, talvez escrito a quatro mãos. rsrs Tem todos os ingredientes necessários, pensem nisso!

    Mas como hoje é o niver do Urba, não quero chorar e manchar o seu belo e tocante texto. :-)

    Urbano, meu amigo, mais uma vez, felicidades agora e sempre! Parabéns!

    Receba um hiper mega blaster QC!
    Juca

    ResponderExcluir
  9. Todas as vezes que leio esta história eu me emociono de alguma maneira.Ás vezes acho até que faço parte dela, ô pretensão...rsrsrs
    Todo mundo comentou que o Urbano foi a grande surpresa da blogosfera, e como foi!
    E hoje é o aniversário do cara, já vou lá dá um quebra-costelas.
    Beijão Du,
    Bom dia!

    ResponderExcluir
  10. Oi Du,
    Não me canso de ler esta história, é fascinante.
    O Urbano é a grata surpresa desta blogosfera e a homenagem é leve , linda e pura.
    bom dia pra você.
    To indo lá dar um quebra costelas no amigão.
    Beijão

    ResponderExcluir
  11. Uau!
    Isso sim é uma história de amor, não? Pode não ter dado certo ainda, mas tenhjo certeza que dava um livro. Além de risadas e ótimos papos por noites afora.

    ResponderExcluir
  12. Linda homenagem filha!
    Já deixei um recadinho bem grandão para o Urbano, mas aqui também quero desejar a ele muitas felicidade e muita saúde, depois de tudo o que ele passou realatado por por você, a cada ano que passa ele nasce de novo.
    Beijos filha!
    Ah!se por aí só chove por aqui é uma secura só, tá difícil até de respirar e um calor de fritar...
    Te amooooo!

    ResponderExcluir
  13. Du,
    MUITO OBRIGADA por sua adesão à Blogagem Coletiva JUSTIÇA PARA FLAVIA, programada para o próximo dia 15 de Setembro. Conto com seu post nesse dia.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Lindo, Du! Só alguém sensível como vc pra fazer uma homenagem tão terna...
    E saber da história de vcs, que coisa mais linda... Sabe dessas histórias que parecem que não existem na vida real? É assim. Que bom que elas existem. =)
    Já fui lá deixar um beijo no Urbano, ele merece todas as homenagens!
    beijos

    ResponderExcluir
  15. Hoje é o aniversário do Urbano? Virginiano como eu? Vou lá dar meus parabéns!!!

    E que bela mensagem, Duzinha. Por isso é que você é tão especial!!!

    ResponderExcluir
  16. Oi DU!
    Oi Urbano!

    Urbanão que alegria estarmos todos juntos comemorando seu niver. Há um tempo atrás, eu até achei possivel que todos ficassemos amigos, mas não tanto.
    Digo e repito que vc foi uma grata surpresa para mim e para todos na blogosfera.
    Te desejo toda a felicidade possivel.
    Bêjo!

    ResponderExcluir
  17. Nossa, Du, uma das mais lindas homenagens que eu já li. Eu não conhecia esse poema e adorei.

    ResponderExcluir
  18. Que emoção!!
    Tão belo que estou sem palavras.
    Felicidades Urbano!!
    Carinho moça de sonho.

    lindo dia flor
    beijos

    ResponderExcluir
  19. Du, não recebi seu e-mail não... =/
    Envia de novo, tá? =)
    Tô curiosa... =P

    Beijinhos!!!
    =*****

    ResponderExcluir
  20. Ah... Vou escrever meu e-mail de novo, pode ser que eu tenha errado... camilafmesquita@hotmail.com

    Beijos!!!

    ResponderExcluir

^ Suba