Blogagem coletiva: Importando Folclore

31/10/2008

Juro que vi, o boto!

800px-Inia

Diz uma lenda amazônica que o boto transforma-se e vai às festas da região, ele vira um homem bonito e forte, um caboclo vestido de branco, bronzeado e muito perfumado que convida as moças para dançar e depois as seduz, mas o boto nunca tira o chapéu para esconder seu segredo, um buraco na cabeça por onde ele respira, ele também toma muito cuidado para ir embora das festas antes do amanhecer.

Por isso, toda a donzela era alertada por suas mães para tomarem cuidado com flertes que recebiam de belos rapazes em bailes ou festas. Por detrás deles poderia estar a figura do Boto, um conquistador de corações, que pode engravidá-las e abandoná-las. As pessoas que vivem em comunidades próximas aos rios onde habitam os botos cor-de-rosa o comem acreditando que ficarão enfeitiçadas por ele pelo resto da vida. Acredita-se também que algumas pessoas que comem a carne do boto ficam loucas.

A lenda serve como pretexto para moças justificarem a gravidez sem casamento. "Foi o boto", dizem.
Os botos são golfinhos de água doce. Mas apesar de serem parecidos, golfinhos e botos não são iguais. Os golfinhos são acinzentados. Já os botos podem ser pretos, acinzentados ou meio avermelhados, como o boto cor-de-rosa. O bico do boto é mais comprido e possui pêlos na parte de cima.

A principal diferença entre eles é que os golfinhos vivem no mar e os botos, em rios. O boto cor-de-rosa, de nome científico Inia geoffrensis, aparece nos rios da América do Sul, principalmente na Amazônia brasileira e na bacia do rio Orenoco na Venezuela.
Se algum dia você for passear em um rio da Amazônia e ouvir uns gritinhos, preste atenção. Pode ter um boto cor-de-rosa tentando lhe falar alguma coisa...
Não adianta! Cabocla nenhuma da Amazônia resiste ao charme do boto cor-de-rosa.

Acha que é folclore? Então tente resistir a esta animação:

Em tempo: O boto cor-de-rosa está ameaçado de extinção no Brasil. Sua carne e seu couro são muito preciosos na região da Amazônia, onde eles continuam sendo caçados. Também há uma grande procura pelos olhos do boto cor-de-rosa, considerados amuletos de amor: as pessoas acreditam que quem tem um olho desses arranja namorado ou namorada fácil, fácil.

Fontes: Aqui, aqui e aqui!

Este post faz parte da Blogagem coletiva promovida pelo Vida Blog!

image

20 comentários:

  1. E os pais será que acreditam na desculpa do boto?!! hehehe... é uma boa saída pela tangente!! rsrsrs....

    Então qndo vermos esses homens galantes, bonitos, cheios de lábia... vamos sair fora, hein?!! é o boto!!! rsrs...

    Mas que triste que um animal assim e tão lindo esteja ameaçado de extinção, querendo ou não é pouquinho da nossa história que vem sendo apagada!!!!

    Beijão, Duzinha!!
    Parabéns pela blogagem!!
    Bom diiia!!

    ResponderExcluir
  2. As lendas e as histórias (algumas pitorescas) do Brasil que eu amo só enriquecem a minha cultura. Obrigado pelos ensinamentos.
    Bela colaboração na Blogagem Colectiva de hoje.
    Voltarei
    Jorge

    ResponderExcluir
  3. Eu juro que já vi, mas um Boto da lenda...vi o Boto certa vez que fui para passear com meu "Boto o vovô barba", nas terras da Amazônia, lugar mais aquele não há, se o paraízo existe é lá. O Boto é o bichinho mais lindo e dócil que já vi.
    Parabéns pela participação, exelente escolha e obrigada por nos ensinar um pouco mais da nossa cultura.
    Beijos de um lindo e iluminado dia minha filha amada!
    Beijos muitos beijos!

    ResponderExcluir
  4. Essa historia do boto cor de rosa é linda mesmo. Há poucas semanas contei para o meu filho que só conhecia delfins sobre o boto brasileiro cor de rosa.
    Ele até escreveu um post no bloguinho dele. Caso vc queira visitá-lo ele vai gostar.

    http://daniel-delphine.blogspot.com/2008/09/die-rosaroten-delphine.html

    Mesmo vivendo longe do meu país ensino aos meus filhos o folclore brasileiro.

    Um grande abraco e o video vou assistir com eles depois. Já está no nosso favorito.

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto sobre o boto e a animação ainda mais!

    Também participei da blogagem coletiva que além de nos ensinar muito, permite visitar diferentes blogs, com diferentes visões.

    Já sou seguidora.

    Grande abraço e ótimo final de semana!

    Renata

    ResponderExcluir
  6. A lenda do boto eu até já conhecia, mas o vídeo não. Que coisa mais linda! Ainda bem que você nos mostrou ele, Du! E eu fiquei pensando que até as lendas podem se tornar verdadeiros contos de fadas!

    Linda sua participação, romântica como você!

    Estou adorando essa blogagem coletiva!

    Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  7. Se existe o "boto" ou não, é um mistério. Mas trata-se, sem dúvida, de uma bela lenda. E que deve ser preservada por fazer parte do imaginário de uma região.

    ResponderExcluir
  8. muito bonita a história... é importantissimo azer esse tipo de blogagem que informa e conscientiza...
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Acabei de ver a sua chegada lá na blogagem coletiva HOJE É DIA DE CECÍLIA !
    VIVAAAA!!!!
    Obrigada por participar!
    Mil beijinhos!

    ResponderExcluir
  10. É, esse boto heim???

    Adorei seu texto, e estou aprendendo muito hoje.

    Obrigado por participar da blogagem!

    Até mais

    ResponderExcluir
  11. Bem bonita esta lenda. Coitado do boto que paga as vacas ao dono sem ter culpa nenhuma rssss.

    Adoro lendas. Gostei muito.

    parabéns pela escolha

    Abraço

    ResponderExcluir
  12. Olá du! Nos livros didáticos sempre tem a lenda do boto cor de rosa mas, adaptado para as crianças. Eis que eu chego aqui e fico sabendo exatamente o motivo da lenda...
    Vi o vídeo e como romântica que sou, viajei na história...
    ...
    Adorei, como é bom falarmos daquilo que gostamos!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Acabei me lembrando do filme 'Ele, o boto', com o Riccelli. Esta lenda é muito bonita mesmo. Mas juro que não vi nenhum ainda! rsrs

    Aliás, todas as lendas têm seu quê de magia. Só não devemos cometer atrocidades em nome delas.

    Esse dado sobre o perigo do boto cor-de-rosa entrar em extinção é muito triste. Que as pessoas se conscientizem mais e que nosso governo fique mais atento!

    Beijão, Duzita! :-)

    ResponderExcluir
  14. Adorei as estórinhas! Mas este boto bem que podia ser mais bonitinho, né! rsrs Aproveitei e assisti ao vídeo do Curupira. Outra hora assisto às outras lendas.

    Mais beijos!

    ResponderExcluir
  15. Bela blogagem sua, lendas vivas na vida da gente, lindas.
    E o boto ainda não vi, só no cinema na pele do bonitão marido da bonitona de olhos verdes[aff! esqueci o nome dos dois, credo! rsss]

    feliz final de semana flor querida
    beijos

    ResponderExcluir
  16. Ai que tudo, o Boto é uma graça! Essa de justificar a gravidez como sendo do Boto é demais! rs E isso ocorria de verdade...
    Eu digo mais uma vez, amei essa iniciativa do Ronaldo (acho)...Me fez relembrar de várias lendas... Tinha esquecido da do Boto! =)
    Pena que não consegui participar, o Ronald me convidou no dia 30. Com cirurgia e tal, ficou muito em cima!
    Enfim
    Adorei!
    Beijos, Du!

    ResponderExcluir
  17. oo folclore e sua magia contagiante,

    ResponderExcluir
  18. Parece que esse cuidado com o boto não engravidar as moças é somente nas noites de lua cheia que antecede as comemorações das festas juninas. hehehe não vale para o ano todo não!! ;) Boa blogagem!! Beijus

    ResponderExcluir
  19. yoko13:09

    Nossa, que triste saber que os botos estão à perigo de serem animais extintos! Devemos preservar nossa cultura e também esses animais! Adorei a sua postagem! Também fui participante da blogagem coletiva. bjs

    Aprendendo a Língua Japonesa

    ResponderExcluir
  20. Olá, como vai?

    Antes de tudo, parabéns pela iniciativa de utilizar seu blog para unir pessoas em torno de alguma causa. Assim como você, acreditamos no potencial da blogagem coletiva como formato possível de união e mudança na sociedade.

    Criamos recentemente o blogagemcoletiva.org (www.blogagemcoletiva.org). Trata-se de um agregador de conteúdo voltado à divulgação de mobilizações coletivas realizadas via internet.

    A idéia é tanto auxiliar o blogueiro a potencializar suas manifestações como também divulgar os resultados obtidos através de sua iniciativa. O funcionamento é semelhante ao de indexadores como Uêba, Ocioso e Linklog. Tudo pode ser feito sem a necessidade de cadastro. O blogueiro nos envia sua manifestação por meio do link “envie uma blogagem” presente no topo da página e, se tudo estiver dentro das nossas políticas de publicação, ela será divulgada no site.

    Ah, e para incentivar a adesão da blogosfera nós criamos um ranking, onde os visitantes podem declarar por meio do voto sua participação ou apoio à causa. A manifestação mais votada a cada semana ganhará destaque especial no site.

    Podem ser blogagens coletivas, memês, petições, campanhas, protestos e toda e qualquer manifestação válida que busque contribuir de alguma maneira com a sociedade. Por isso, junte seus (suas) companheir@s de blogagem e faça da blogosfera um mais produtivo e engrandecedor. E conte com a gente para que sua iniciativa contamine mais e mais pessoas!

    Se puder divulgar a gente em seu blog, seremos muito gratos!

    Viva a democracia!
    Michell Niero
    www.blogagemcoletiva.org

    ResponderExcluir

^ Suba