14/02/2009

Invasão masculina neste cantinho de essência feminina. Para quem ainda não me conhece ou já me esqueceu, eu sou aquele moço que escrevia uma novelinha juvenil em um blog, lembram? O singelo nomezinho dele era, se não me falha a memória, algo do tipo “A Melhor Novela de Todos os Tempos do Último Verão”, ou coisa parecida. Ai, ai, bons tempos... Foi gostoso, curti bastante, até que um belo dia a história que eu contava lá acabou e, como não há nada mais descartável do que uma novela, o blog chegou ao fim. Na época ainda pensei em criar outro, nada a ver com novela, apenas um cantinho meu para expressar minhas idéias. Mas acabei percebendo que, na verdade, eu nunca fui um blogueiro de fato, eu apenas estava blogueiro enquanto apresentava a minha cria ao universo virtual.
Permaneci na blogosfera por quase um ano e, quando finalmente cumpri minha missão, vi que não saberia fazer outro. Até porque um blog é algo intimista e pessoal demais, que interessa apenas a quem o escreve e, sinceramente, minha vida não é tão interessante assim a ponto de eu manter um blog para que as pessoas leiam sobre ela. Por isso que não faço mais outro, porém, como recebi este convite irrecusável da minha amigona querida para dar uma pinta aqui de vez em quando, nem pensei duas vezes: não sou assim nenhum “moço do sonho”, mas quebro um galhinho, por isso aceitei o convite da Duzinha na hora! E aqui estou eu, estreando a Coluna do Moço na casa da Moça do Sonho. É uma honra escrever aqui, já que ela foi o meu "Norte" quando comecei no mundo blogosférico.
Não terei uma periodicidade fixa para escrever aqui, quando der na telha eu apareço, não depende apenas da inspiração, depende também do tempo, que atualmente é bastante escasso. Sei que meus bons e velhos amigos devem estar cheios de novidades em seus aconchegos cibernéticos e estou doido para matar as saudades de todo mundo, visitarei todos sempre que puder. Quanto a mim, continuo deixando a vida me levar em ritmo de cruzeiro, sem maremotos, apenas ventos passageiros. Concluí meu curso profissionalizante de roteiro e me sinto mais capacitado para encarar o grande sonho da minha vida: o de ser um dramaturgo. Inclusive, já tenho planos em relação a isso, que por enquanto não posso revelar pro mingau não azedar. Apesar deste curso, ainda não fiz faculdade alguma e ainda tenho dúvidas quanto a isso.
Alguns amigos, pra me incentivar, chegaram a sugerir que eu me inscrevesse na tal cota para afrodescendentes nas universidades. É ruim, hein! Eu posso não ter dinheiro no banco, mas tenho vergonha na cara! Se eu tiver que cursar uma faculdade será pela minha capacidade intelectual, pelo meu próprio mérito, e não porque sou apenas um coitadinho de pele mestiça agraciado pela benevolência desta política populista que está aí. Os lulistas de plantão que me perdoem, mas cota racial não passa de uma segregação deslavada contra os próprios negros e, além do mais, não sou nenhum come-e-dorme que vive de Fome Zero.
Mas, estou divagando. Não é de política que eu quero falar e sim de sonhos. A capacidade de sonhar é o que todo ser humano tem em comum e nos difere dos demais animais. Mas não o sonho de uma noite sobre o travesseiro, e sim aquele sonho que impulsiona uma vida, que nos dá força para viver o dia de amanhã, na esperança de alcançá-lo. Todos nós temos ou, pelo menos, já tivemos um sonho assim. E eles é que definem a nossa realidade, porque a gente é do tamanho dos nossos sonhos. A melhor forma de se organizar na vida é manter os pés para baixo – bem assentes no chão – e a cabeça em posição altiva, funcionando racionalmente, porém cheia de idéias e um sonho no coração. O sonho que me faz alçar o vôo para o futuro é o de, um dia, ser um autor televisivo, contar histórias através das imagens, deixar falar minha alma de ficcionista. Apesar de todas as inovações tecnológicas, não imagino a televisão do futuro sem as telenovelas, o folhetim é um gênero tão antigo quanto a própria humanidade e não vai morrer nunca. Enquanto houver gente no mundo, sempre haverá gente contando história de gente. E lá estarei eu, um operário desta indústria de sonhos que é a televisão.
Médicos, engenheiros, jornalistas, agrônomos, astronautas, serventes, motoristas, cozinheiros, padeiros, todos eles sonharam antes de chegar lá. Alguns sonhos são maiores que a própria vida e morrem quando ela acaba, sem jamais terem passado disso: apenas sonhos. Contem-me os seus também. Qual é o seu maior sonho? Pode ser um sonho distante, inatingível, ou então aquele que ficou para trás, mas continua quentinho aí dentro. Contem-me seus sonhos, por mais absurdos ou ridículos que sejam. Apenas os idiotas têm medo do ridículo. Podemos compartilhar nossos sonhos à vontade e mesmo assim eles jamais deixarão de ser unicamente nossos. Eles justificam nossa existência.
Foi bom estar novamente com vocês. Até qualquer dia!

27 comentários:

  1. \o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/ Viva,viva,viva!!!
    Que saudade de você meu Galã novelesco.
    Noto que o tempo vem te fazendo muito bem, estas ainda melhor que da ultima vez que nos falamos. Este blog agora é +SHOW com um Moço apurado e envelhecido pra as meninas curtirem, vou logo avisando: Ele é de derrubar aviões!!!!
    Meus sonhos...
    1-Eu sonho em sair pelo mundo com uma mochila nas costas e par de roupas, sem relógio, sem destino, no rumo do norte, sem dinheiro... essa parte é vida real, pra conhecer o mundo, muitas pessoas... meu sonho intangível.
    2-Fazer uma faculdade, o curso dos meus sonhos, o de psicologia. Esse há de se fazer real, quem sabe usando as cotas dos negros (sem quele fã), quem sabe a cota dos índios (será que meu cabelo ruim passa?) não se atreva a responder!kkkkkkk
    Milhões de beijos nos corações dessas duas pessoinhas lidas que amo.

    ResponderExcluir
  2. \o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/Viva,viva,viva!!![2]

    Nandinho, estou sentindo uma alegria imensa em ver você acampado aqui, e agora é de verdade, pois achei que era só mais um dos meus sonhos!!!

    \o/\o/\o/\o/\o/\o/

    No texto você já mostra ao que veio e lendo deu uma saudade danada do teu blog, na verdade nunca vou te perdoar por ter deletado ele, eu bem que queria assistir aquela novela de novo, junto com todos aqueles comentários interessantes que você sempre respondia...

    Saudades, muitas!

    Mas tudo bem, o importante é que a partir de agora você estará aqui sempre que tiver vontade, a casa é sua, sem pressão nem obrigação nenhuma de postar, liberdade total! \o/

    Assim, num primeiro momento, posso dizer que meu maior sonho atualmente é conhecer meus amigos queridos conquistados através do blog, e você é um deles!

    Seja bem vindo (de novo!), meu querido e amado irmãozinho!

    ResponderExcluir
  3. Ah, se você responder aos comentários, a pin-up será será seu avatar! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Nando!!!

    Que legal ver vc aqui, saber das novidades... Saudades de vc, menino!!!

    Adorei teu post, bom saber que poderemos te encontrar sempre por aqui, no cantinho da Du! :)

    Concordo com vc nessa questão de cotas, governos populistas (manipuladores) e tal... Esse tipo de coisa, para mim, só estimula ainda mais o racismo e o apartheid, não só racial, mas social também, essa é a minha opinião.

    Sonhar é bom, muito bom, não somos nada sem nossos sonhos... Meu sonho atual é ter um emprego DECENTE (acho que é o de muita gente, né?)

    Beijos, Nandico! Beijos, Du! =)

    ResponderExcluir
  5. Amigão do coração!

    ResponderExcluir
  6. Que falta vc me faz seu grande FDP.

    ResponderExcluir
  7. Anônimo15:05

    Aaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhh

    Nandinhooooo! Eu tenho o sonho de ter tempo para bater papo contigo no msn. Aahahahha

    Ah, moço que adoooro!

    Bom, tenho tanto, tanto, mas taanto sonho que me angustio pq eles ainda vao demorar a serem realizados por completo. Tenho um longo caminho a percorrer e a estudar tb. Hehehe
    Meu maior sonho é ser pesquisadora de renome em mídia digital com mestrado, doutorado e pós-doutorado, viajando pratudiquantoécantodomundo.

    Ahh
    Bjo, moçoooooooooooo!

    Moça, adorei a sua iniciativa de nos agraciar com o melhor autor de novela de todos os tempos.

    *;*

    [Luca, falando anonimamente, pq tem e-mail alheio logado.]

    ResponderExcluir
  8. Nando, Du, foi muito boa a idéia da Du de trazer vc aqui, gostava de ler seu blog, apesar de nunca comentar, mas faz falta nesse mundo virtual leituras interessantes como vc nos proporcionava.
    Quanto aos meus sonhaos, ah!!! eles são tão simples, só quero PAZ e AMOR na minha vida, seria o suficiente pra passar por essa encarnação mais satisfeita.
    Um beijo nos dois!!!
    ROBERTA

    ResponderExcluir
  9. \o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/Viva,viva,viva!!![3] Sempre quis fazer isso! rsrs

    Fiquei feliz com essa coluna, Nando! Seja bem-vindo, mesmo que seja de tempos em tempos! Já servirá para deixá-lo mais próximo da gente! :-)

    Bom saber que mais uma etapa do que se propôs foi alcançada. Parabéns! Que venha a próxima!

    Ultimamente, meu maior sonho está em torno de um pensamento: adotar ou não adotar, this is a question!! rsrs Outro sonho seria ver o mundo menos violento, mais fraterno (verdadeiramente, não essa mentira que "já vem malhada antes deu nascer"), mais tolerante e menos preconceituoso. Mas este já é mais utópico mesmo! rsrs

    Bom, também quero fazer outra faculdade, manter-me atualizado etc. etc. etc. etc...

    Nando, muito bom te ver aqui no "Vale a Pena Ver (Ler) de Novo" proporcionado pela querida Duzita! Du, mandou bem! :-)

    Beijos pros dois!!

    \o/\o/\o/

    ResponderExcluir
  10. Nossa, que felicidade estar com essa turma querida de novo, isso dá uma saudade danada, sabiam? Brigado pela presença de todo mundo!

    CAROLZINHA: Você sempre me deixa sem graça, haha... Mas você também é lindona, eu ainda me lembro daquela foto que você me mandou por e-mal, huahua. Bem, mas com ou sem cabelo ruim, até mesmo careca (o que não é o seu caso), você com certeza será uma excelente psicóloga, rsrs. Beijão, lindinha, obrigado pelo carinho de sempre!

    DUZINHA, MINHA FADINHA: Eu é que fiquei feliz quando você me convidou para escrever aqui, é um prazer imenso. Eu também gostava muito do meu blog, às vezes me arrependo de tê-lo deletado, mas por outro lado sei que ele ficaria pegando poeira, já que eu não posso mais me dedicar tanto assim ao mundo virtual. Mas só de estar aqui, mesmo que de vez em quando, já dá pra dar aquele gostinho. E eu também quero muito que o seu sonho, que também é um dos meus, se realize logo. Brigadão de novo, te adoro!!!

    DRICA: Nossa, como eu sinto falta dos textos no seu blog, daqui a pouquinho vou pra lá. Eu também sempre fui radical quanto a essa questão de cotas e demais generalidades, tem pessoas que dizem que eu sou um direitista convicto, mas na verdade eu tenho é bom-senso mesmo. Ah, e este é um sonho que temos em comum. Beijo, bom te "ver" de novo!

    AMIGÃO, SEU FANFARRÃO: Você vem dar uns rolés aqui no Rio, nem lembra que eu existo, e ainda diz que sente minha falta? Sei... Saudade de tu, gordão!

    LUQUINHA: Também sinto falta dos nossos papos-cabeça emiessiênicos. Mas só sento na frente do pc agora por extrema necessidade, estou tendo que me abster dos prazeres do mundo virtual e das companhias que ele proporciona. Já te falei que tenho uma invejinha boa da sua precocidade, né? Você tem um futuro brilhante! E tô te esperando pra gente tomar mais um milk-shake daqueles caprichados, hehe. Beijão, te adoro mais! =D

    ROBERTA: Bom te conhecer, depois passo no teu blog. Realmente, o grande sonho do mundo é que ele seja pleno de paz e amor, espero que ainda seja um sonho possível. Abraço!

    TIO JUCA: Este é um sonho que eu também tenho e, como você me conhece um pouquinho, já deve saber disso: ter um filho! É o maior presente que podemos receber nesta vida. Bem, seu eu puder dar o meu pitaco, sugiro que você adote um sim, acho que você terá pouquíssimos ou nenhum motico para se arrepender. Obrigado pelas palavras, meu amigo, depois vou lá levar umas roupas pra lavar, rsrs. Abraçoooo!!!

    ResponderExcluir
  11. Adorei o clima "reencontro"! Adorei também o moço!
    Um beijão!
    =*

    ResponderExcluir
  12. Nando você é daquelas pessoas/escritores que passam pela vida da gente e deixam coisas boas. Eu confesso que tenho saudades daquele tempo do "A melhor novela de todos os tempos da última semana", porque você além de nos brindar com uma novela-bloguística, coisa inédita na rede. Aliás, seu blog era todo inédito. Mas sim, além da novela, havia os textos preciosos dos intervalos de capítulos, e é claro, os seus comentários sempre enriquecedores.

    E mesmo nas coisas que eu discordo de você como é o caso das cotas, do programa fome zero e Lula rs, você é aquele tipo de crítico que a gente escuta com respeito, porque conquistou respeito, primeiramente respeitando e logo, mostrando bons argumentos e bons sentimentos em suas opiniões.

    Pessoas como você fazem valer a pena o tempo gasto na blogosfera, e por isso fico contente com a sua presença mesmo que esporádica por aqui.

    Um forte abraço amigo.

    E Du, você está de parabéns. Está sempre na frente, sempre atualizada. Foi lá e trouxe esse carioca da peste pra cá. E sempre traz textos legais, e poemas que nos mostram o rosto da sua alma.

    Enfim. A blogosfera tem gente boa, criativa, inteligente, amável, e de certa forma bem acessível, é só chegar acompanhar e ler. Sem trê-lê-lê.

    Bj Du.
    Inté!

    ResponderExcluir
  13. Nando, que SAUDADONA de você!! Quando te vi lá no meu cantinho quase rasgeui o canto da boca, tal er o tamanho do meu sorriso!
    Entendo que tudo na nossa vida é coisa de fase, e blogar também é. Concordo que tudo tem seu tempo e entendo que o seu tempo de blog tenha passado. Mas fico muito, muito feliz de ler você, seja um pouquinho aqui na Du, um pouquinho acolá(em qq outro blog que vc queira fazer participação especial e nos honrar com sua presença). Porque sempre me identifiquei muito com vc, com seu modo de pensar e até com see modo de escrever (que é diferente do meu, mas é tão verdadeiro quanto). Eu sentia falta de ler seus posts e escrever meus comentários-testamento, enooooormes, sempre envolvida pela discussão apaixonada a que nos permitíamos. Entção, que feliz que eu estou!^^

    E sonho? Sonho muito Nandinho. Sonho coisas que sei que nunca vou alcançar e outras que moram ali no futuro. Sonho fazer o meu mestrado e um dia ter uma coleção de filmes que ocupe uma sala toda, teto ao chão. E ter uma casa só minha e um amor pra dividir a casa comigo. Sonho com filhos e cachorros. E sonho em ser feliz da melhor maneira possível. =)

    beijos!! E um beijão pra Du, por ter aberto o espaço para você!

    ResponderExcluir
  14. ...e tomara q o moço volte muito mais vezes ^^


    um sonho muito grande q tenho, pelo menos pra mim, é trabalhor com produçao de música. Sabe, desde o processo inicial; composição, melodia e etc. Taí. Nunca tinha falado isso pra ninguém ^^

    bjo pra todos

    ResponderExcluir
  15. GISELE: E eu adorei sua visiteeeenha!

    VIDAL, MEU ÍDOLO: É um prazer receber estes elogios de você e, já que você tocou no assunto, vou confessar uma coisa: modéstia à parte, eu também sempre achei que meu blog primava pelo ineditismo. Ele foi único no gênero, acho que foi até inovador, fora dos padrões convencionais. Me orgulhava de ter inventado um jeito novo de blogar, que chegou até a influenciar outros blogs, que aderiram à algumas idéias minhas (o exemplo mais bem sucedido é o do Amigão, que incorporou aquela "programação semanal" e faz um sucesso enorme na blogosfera até hoje). Posso parecer um pouco metido e nojento dizendo essas coisas, mas é justamente essa a intenção, rsrs... Brincaderinha! Cara, você também conquistou meu respeito e admiração, aprendi muita coisa através das sua palavras e posso dizer, sem exagero algum, que seu blog é uma fonte de sabedoria. Sim, você é um sábio. Inté!

    LÔ: E eu fico feliz de te "ver" de novo, Lô. A gente sempre teve mesmo uma afinidade muito grande de pensamentos, você sempre enriquecia ainda mais o que eu escrevia com os seus abalizados comentários. Realmente, apesar disso, temos um estilo direferente de escrever, e eu admiro a sua habilidade com o manuseio das palavras. Embora eu não saiba escrever à sua maneira, sempre gosto de te ler. Seu sonho é lindo, da mais rica simplicidade, e com certeza ele está te esperando ali no futuro. Beijão!

    KAROLINA, FUTURA PRODUTORA MUSICAL: Voltarei sim sempre que a vontade bater, e adorei saber do seu sonho em primeira mão, rs. Abraço!

    ResponderExcluir
  16. Puxa vida! Fiquei morrendo de vontade de conhecer seu blog, Nando! Pena que, pelo visto, eu ainda não era "nascida" aqui na blogosfera nessa época!
    Só pelo seu texto deu um baita "gostinho de quero mais"!
    Concordo com voce, os sonhos são a base de nossa existência... que céu nublado teríamos em nossa vida se nao fosse esta teimosa capacidadede sonhar!
    Eu teria uma infinidade de loucuras/sonhos pra listar aqui. Sou uma sonhadora, em essência.
    E procuro encarar cada dia como uma realização desses "pensamentos mágicos"!

    Embora a gente não se conheça de outros tempos, saiba que já ganhou uma leitora assídua de tudo que vieres a compartilhar conosco por aqui!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  17. Ai gente, olha o Nando!!!
    Quanto tempo que eu não lia nada escrito pelo Nando.
    By the way, eu acho que o Nando leva jeito pra blogueiro sim, afinal, alguém que não tivesse jeito pra coisa não teria conquistado tantos amigos e fãs do que escreve=))

    Nando, espero um dia estar assistindo a novela das oito e ler o seu nome nos créditos.
    Aí eu vou poder dizer "ahhh, eu lembro quando tudo começou, foi com o blog, e tinha a turma do Amigão da qual todos fazíamos parte..."

    Um beijo pra Duzinha e pro Nando, o moço.

    ResponderExcluir
  18. \o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/Viva,viva,viva!!![4]

    Como sempre chegando atrasada!! Desculpa Nandinho!! =S

    Aiin, que sauudade de vc, meu amorzinho!! Tu chega e depois some assim sem dá um alô, sem ao menos dizer que está bem! Desse jeito a gente morre de saudade, de tuudo e vc nem aparece!! mas ainda bem que vc vai ter um endereço fixo!! hehehehehe....

    Desejo sucesso pra vc, queriido!!
    Beijos e beijos..
    Desculpa por aparecer só hoje!!

    ResponderExcluir
  19. Aleluia!!!
    Finalmente vc voltou!!!
    Bem vindo de volta, cara :D!!!

    ResponderExcluir
  20. Nando,

    Cheguei a visitá-lo algumas vezes lá no seu blog antigo, e gostava muito, muito mesmo. É bom tê-lo de volta, especialmente nesta adorável casa! Um bom retorno para você, e que aquivocê seja muito feliz!

    Uma semana iluminada para você e para a Du,beijinho, Cris

    ResponderExcluir
  21. Uia, ainda tá pingando comentário aqui, é? Oba! =D

    FADINHA: Sabia que eu acredito em fadas de verdade? hehehe... E, pelo seu comentário, deu pra ver que você é uma daquelas bem legais. Obrigado pelas palavras. Fiquei com vontade de conhecer seu blogzinho, vou dar um pulinho lá já já!

    NATY MAIONESE: Bom vê-la por aqui, adorei sua "profecia", rsrs... Obrigado, querida, que dê tudo certo pra você também. Abração!

    SU: Ufa, achei que tu não vinha mais, já tava aqui fazendo bico, rsrsrs... Beeeeeijo, lindona, te adoro de montão, saudades das nossas fofoquinhas emiessiênicas.

    PEQUENO INFANTE: Poizé, quem é vivo sempre aparece! Abraço pra tu, cara de tatu! =D

    CRIS: Me lembro de você, seu blog é aquele sobre artes, né? Gostava muito. Obrigado pela visita, abração!

    ResponderExcluir
  22. Mas é um chato mesmo... affff! Tava tudo indo bem até falar que "não sou nenhum come-e-dorme que vive de Fome Zero." Grrrrrrrrrrrrrrr... Mas esse puxão de orelha fica pruma outra ocasião.

    Eu tava meio que desistindo dessa vida blogosférica, mas de uns dias pra cá tenho conseguido visitar os blogs de uns amigos, coisa que há meses não fazia. Ainda não consegui escrever nada, o branco ainda tá pairando na minha cabeça, mas o lado bom disso é que ao sentir saudades eu tô colocando a laitura em dia.

    Bom te ler por aqui!
    Tava com saudades, seu chato!

    Beeeeijo!

    ResponderExcluir
  23. Olha só isso, Nandinho!!! \o/
    Até a Jujuba apareceu! \o/

    Beijooooooooooooooo!

    ResponderExcluir
  24. Afe, eu sabia que ela chiar por causa do meu anti-lulismo. Mas, se não chiasse, não seria a Juliana Freitas que eu conheço. =D
    Poizé, Ju, estive dando uma geral pela blogaiada toda e vi que o povo continua tinindo, parece que apenas nós dois fomos picados pelo bichinho da preguiça. Tudo bem que falta de tempo também serve como desculpa, mas conhevenhamos que não é só isso, já que esse pessoal que bloga não fica coçando o dia todo. Acho que no nosso caso, quando não falta tempo, sobra preguiça mesmo.
    Também tô com saudade de tu, feinha que adoro!

    Beijo, Duzinha!

    ResponderExcluir
  25. Nandico, desculpe pela demora mas estou atolado de trabalho e quase nem estou comentando em outros blogs. Que bom que você não nos abandonou, espero ler mais suas colunas aqui ou em outro lugar. E fico feliz em saber que você está perseguindo o seu sonho sem ter medo de nada. E torço muito por você. Acredito que todos também fazem o mesmo.
    Quanto aos meus sonhos, eles estão muito distantes, não quero dizer que os abandonei, mas que a realidade no momento não os favorecem. Mas eu nunca deixo de sonhar, aliás ninguém nunca deve deixar de sonhar mesmo, pois é isso que faz a vida valer a pena de ser vivida.
    Um abraço, moço, quero ver o seu sucesso!!!
    Um abração!!!

    ResponderExcluir
  26. Poizé, Só o Nandinho mesmo pra me fazer sentar na frente do pc em plena 2ªf. de Carnaval...

    Primeiro: Tenho saudade de vc e isso não é novidade, mas entendo que a vida da gente siga por outros caminhos, que acrescentamos atividades ao nosso dia-a-dia e isso acaba nos afastando de pessoas queridas que aprendemos a amar e respeitar ainda que estas estejam distantes.

    Segundo: Adorei sua resposta ao Amigão. Ele está sempre aqui no Rio e nunca encontra a gente. Aliás, vai fazer 1 ano que nos conhecemos pessoalmente! =/

    Terceiro: Meu sonho--> Fazer a facul de Psico, concluir o curso de Conselheira em Dep. Quimíca, iniciar um trabalho social voltado para crianças e adolescente com base em tudo que aprendi na facul, no curso e na vida. Ajudando na prevenção e recuperação de jovens na marginalidade. Não acho um sonho impossível, talvez só demore um pouco, principalmente a encontrar parcerias, pq sozinha não se consegue nada.

    Quarto: Du, só pra vc não esquecer... Eu te amo, viu?

    Quinto: Também amo vc, Nandinho.

    [b]Bêjo no seio do seu lindo nariz![/b]



    Agora eu me vou pq ganhei folga do tronco hoje e amanhã! \o/\o/\o/

    ResponderExcluir

^ Suba