Não fechem os olhos para esta realidade!

07/06/2009

O Grupo RBS lançou uma campanha muito importante contra o consumo de crack no nosso Estado - uma bandeira de guerra contra um inimigo terrível, que escraviza pessoas, destrói famílias, degrada a juventude, estimula o crime e provoca mortes. Eu tenho um filho adolescente e sinto pânico só de imaginar ele envolvido com esse tipo de droga! Por ele e pelas milhares de crianças e adolescentes que entram no mundo obscuro do uso do crack, estou participando desta  campanha de conscientização e divulgando aqui no blog. Quem quiser, fique a vontade para visitar o site e fazer o mesmo!
 
Clique aqui --> Crack, nem pensar!
 
Assista o vídeo da campanha "Crack, nem pensar"!
 


Saiba mais sobre a droga
O que é o crack?
Pela forma de uso, o crack é mais potente do que qualquer outra droga e provoca dependência desde a primeira pedra. A droga é de fácil acesso, sem cheiro, de efeito imediato e aprisiona pacientes e seus familiares.

O baixo custo da pedra – em torno de R$ 5 – revela-se ilusório. Empurrado para o precipício da fissura, o dependente precisa fumar 20, 30 vezes por dia. Desfaz-se de todos os bens, furta de familiares e amigos e, por fim, começa a cometer crimes.
A pedra de crack é produzida com a mistura de cocaína e bicarbonato de sódio ou amônia. Sua forma sólida permite que seja fumada.

Como é o uso
O usuário queima a pedra de crack em cachimbo e aspira a fumaça. O crack também é misturado a cigarros de maconha, chamados de piticos.

O efeito
O crack chega ao cérebro em oito a 12 segundos e provoca intensa euforia e autoconfiança. Essa sensação persiste por cinco a 10 minutos. Para comparar: ao ser cheirada, a cocaína em pó leva de 10 a 15 minutos para começar a fazer efeito.

A dependência
A fumaça do crack atinge rapidamente o pulmão, entra na corrente sanguínea e chega ao cérebro. É a forma de uso, não a composição, que torna a pedra mais potente.
 
Para encontrar ajuda
Mesmo que difícil e com poucos exemplos que sirvam de comprovação, é possível que um usuário de crack se recupere do vício. A epidemia mata e destrói famílias, mas pode ser vencida.
Conheça lugares que abrigam essa luta e leia histórias que inspiram e comovem. A maioria, infelizmente, de desfecho trágico.

Para buscar ajuda, veja telefones, endereços e dicas.
 

Viva Voz

Serviço nacional de orientações e informações sobre a prevenção do uso indevido de drogas

0800 5100015

Grupos de mútua ajuda

Nar-Anon/Narateen - www.naranon.org.br

Grupos de familiares de dependentes químicos (Nar-Anon) e adolescentes que tiveram a vida afetada pela dependência química de um membro da família. Há grupos em diferentes municípios do RS e de SC.

Amor Exigente - www.amorexigente.org.br

Associação para informações e orientação, encaminha familiares para grupos de mútua ajuda. Possui centros em cidades do RS e de SC. Para pesquisar dados da sua cidade, clique aqui.

Prevenção
Cufa-RS - www.cufars.org.br

A Cufa (Central Única das Favelas) realiza ações preventivas em todo o Estado. A exposição Bak, na pedra a sociedade treme, em parceria com a Associação do Ministério Público, percorre os municípios do RS. Para agendar palestras, acesse o site www.cufars.org.br

Rio Grande do Sul
Telefones e endereços para buscar ajuda no Estado

Santa Catarina
Telefones e endereços para buscar ajuda no Estado

Denúncias
Denuncie o tráfico ou consumo do crack



Leia também: O papel dos familiares na recuperação dos viciados

Ainda que o fundamental seja o desejo e a força de vontade do usuário de crack, atitudes da família podem ajudar.
 

No site da RBS você encontra tudo sobre a campanha e todas as informações sobre o crack. Clique aqui. 
 
Não feche os olhos para esta triste realidade!

11 comentários:

  1. Infelizmente temos que enfrentar essa triste realidade. Deixa de lado toda forma de pré-conceito e ajudar aqueles que precisam de nós. A família, os usuários, os amigos, todos eles precisam do nosso abraço, do nosso cuidado e principalmente da nossa atenção. Sabemos onde procurar ajuda, então não podemos ignorar esse fato, não podemos fechar os olhos e fngir que nada acontece.
    É triste ver jovens e até crianças caminhando para esse mundo sem volta. Infelizmente aqui em Porto Seguro o craque a maconha é uma droga de fácil acesso, podemos ver essa garotada de rua fumando pelos cantos, e eles precisam apenas de uma ajuda nossa, precisamos apenas estender a mão.
    Aqui em Arraial D'Ajuda tem um cenrto de recuperação que resgatas esses jovens e adolescentes que desejam abandonar as drogas. sabemos que é uma doença progressiva e incurável, mas que tem recuperação, basta a pessoa querer. Acho muito bonito o trabalho deles. Algumas pessoas hoje, estão trabalhando e outros infelizmente, voltam para o mundo das trevas!!
    Devemos começar a olhar para o lado e enxergar essa dura e triste realidade!!

    Duzinha, eu sinceramente, AMEI seu post hoje!!!
    Beijos, lindona!!
    Um abraço beeem apertado e muitos beijos para vc!!

    ResponderExcluir
  2. Muito triste esta realidade, Du mas também tenho esperança que mude, adorei a matéria, um beijos e boa semana

    ResponderExcluir
  3. DU...

    Um texto que serve para despertar consciências!
    Estás a dar um excelente contributo para lutar contra esse flagelo que tantas vidas tem destruido!... Felicito-te!


    Beijos...

    ResponderExcluir
  4. Du, o que fazer com os nossos jovens quando eles querem por conta de serem independentes, se aventurarem em viagens como essa? Viver o momento, o agora é a lei, que se dane o futuro. Eu ouço muito isso entre eles.
    Por isso não quero filhos. Criá-los para o mundo é uma tarefa árdua e de entrega total.
    Eu realmente parabenizo quem quer ser pai ou mãe na época de hoje.

    ResponderExcluir
  5. Depois que eu falo que "A moça do Sonho" é cultura, ninguém acredita!!!

    beijo Du, boa semana!

    =)

    ResponderExcluir
  6. Agradeço pelas palavras deixadas no blog..
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Pode parecer clichê, mas a verdade é essa mesmo: a droga é uma droga!

    ResponderExcluir
  8. Oi,
    É verdade a droga é uma droga mesmo.Que droga!Mas estou pensando mais além.Estou pensando o que devemos fazer com nossos amigos, drogados. Tratá-los como doente? Se afastar?
    Não sei.
    Tenho histórias sobre o assunto e um dia eu te conto como vencemos isto. Vencemos! entendeu que estou no plural? Pois é, um dia eu te conto.

    ResponderExcluir
  9. Felizmente nao tenho contato com ninguem que usa. Me convidaram pra participar de uma coletiva contra as drogas, nao participei, mas acredito que a droga geral, incluindo cigarros e bebidas alcoolicas e alguns medicamentos são as piores coisas da humanidade. è atraves da droga que se mata, que se tem guerra. Sou totalmente contra drogas. Por mim, um esatbelecimento que vende até cigarro é igual ao traficante do morro. Tem um amigo, grande amigo que iz: Todo pais que tem buteco e bar aberto o dia todo não tem como ir pra frente. E é verdade. Veja quantos improdutivos estão agora nos bar de esquina bebendo..Pior, alguns voltam e batem nas mulheres e filhos. Lamento alguns "intelectuais" serem a favor da droga.
    Belo post Du.
    Besos

    ResponderExcluir
  10. Senhor, perdoai, mas quem foi mesmo o idiotinha que fez a piada infame aí encima?
    O problema do crack é sério demais pra gente se dar ao luxo de fazer piadinha com isso.

    Muito bom, necessário e esclarecedor esse post, Duzinha. Eu sabia que a coisa era séria, mas não sabia que o crack demorava tão pouco tempo (questão de segundos) para fazer efeito.
    Não sei se existe em todo lugar, mas aqui é muito de encontrar também uma droga chamada "merla", que é o mais puro lixo de um monte de drogas. Parece que também é relativamente barata em relação à cocaína, por exemplo, e também causa um eeito devastador.

    Um beijo, querida

    ResponderExcluir
  11. Nati, o comentário do idiotinha anônimo que fez a piada infame foi apagado! Era pra ter feito isto na hora que vi, mas acabei esquecendo. Obrigada por me alertar!

    Beijos pra todos!

    ResponderExcluir

^ Suba