Que vazio é esse em sua vida?

10/07/2009

Criar é uma forma saudável de suprir a sensação de vazio. Não é preciso ser um Monet ou um Villa Lobos. Um simples bolo caseiro, por exemplo, feito com aquele toque especial, traz à tona aquele potencial criativo que tanto faz bem!

Quantas vezes você ouviu as pessoas falarem sobre esse tal “vazio”? Como se existisse um espaço mal-assombrado dentro de cada ser humano, um lugar dentro do qual todas as pessoas, em algum momento de suas vidas, acabassem caindo, para não mais sair de lá.

coracao-vazio

Que vazio é esse afinal? E o que fazer com ele?

Na dúvida, acabamos achando que esse buraco é sinal de algum defeito, e que devemos preenchê-lo o mais rapidamente possível. Perceba quantas “besteiras” acabamos fazendo na tentativa de preencher esse espaço que tanto nos assusta.

Nos envolvemos em relacionamentos com pessoas com as quais não temos nenhuma afinidade, estouramos nosso cartão de crédito, compramos todo tipo de coisas das quais não precisamos, comemos mais do que necessitamos, bebemos mais do que seria saudável, aceitamos ir a lugares aos quais na verdade não gostaríamos de ir, convivemos com pessoas que sugam toda a nossa energia, andamos para lá e para cá como baratas tontas, tudo com a intenção de preencher o vazio.

E mais... traímos a nossa verdade, nos sentimos “defeituosos” (pessoas perfeitas não teriam um buraco lá dentro!), sentimos vergonha de nós mesmos, criamos falsas máscaras para fingir que não somos ocos, fugimos desesperadamente e nos envolvemos em todo tipo de atividade frenética para não nos lembrar que ele continua lá, quieto, imenso... um buraco enorme na nossa auto-estima.

Fazemos tudo isso para evitar o vazio... mas sabe o que é pior?... nada disso funciona!

Agora ouça, é sério:

- Não há nada de errado em você sentir esse vazio aí dentro... não há nada de errado ao sentir-se incompleto, com essa sensação de que “falta algo”.

Existe algo maior, mais belo, que cada um de nós veio aqui para realizar. Entenda... por maior não quero dizer aquele tipo de grandeza que é acessivel apenas a alguns. Falo de algo a que todos nós temos acesso, falo daquela grandeza de alma que nos torna verdadeiramente humanos, capazes de criar, capazes de amar... Pois eu acredito que o vazio exista para nos lembrar exatamente disso!

E se eu lhe disser que devemos tudo o que existe de belo no mundo à existência desse vazio?

E se fosse mais ou menos assim...

Um dia um Monet acorda e sente um buraco bem no meio da sua barriga, ou talvez no meio do peito (o vazio às vezes gosta de mudar de lugar dentro de nós)... sente-se mal com o tal buraco... pega seus pincéis e, no branco vazio de uma tela, pinta os mais belos jardins.

Outro dia um Villa Lobos acorda incomodado, sente algo estranho, como se fosse uma fome por dentro, uma coisa que aperta seu peito, esmaga seu coração solitário... e, no vazio do silêncio, compõe a mais bela bachiana... (ah, você já ouviu a Bachiana no 5 do Villa Lobos?)

Um dia um cientista é acordado por um buraco bem no meio da sua cabeça... tantas coisas sem explicação no mundo o angustiam e tiram seu sono... e no silencioso vazio de respostas brota, quase miraculosamente em sua mente, uma solução para uma doença que aflige toda a humanidade.

Outro dia uma dona de casa qualquer, em uma casa qualquer, acorda e olha ao redor... os filhos já se foram, o marido está trabalhando... Na solidão de sua vida decide cozinhar e assa o mais delicioso bolo que uma mulher já foi capaz de fazer. E no vazio daquela casa surge um aroma que a transforma imediatamente em um lar; quente, acolhedor, cheio de amor.

Assim, acreditem, não há como nos livrarmos desse tal vazio (ainda bem), mas podemos “escolher” o que fazer com ele.

Podemos transformá-lo em um mar de lamentações, e navegar por ele por toda uma vida, como se fôssemos um navio fantasma rangendo nossas ferragens por aí.

Mas podemos também...

...criar!

Essa é a palavra-chave para transformar o vazio que existe dentro de nós no espaço mais sagrado que um dia seremos capazes de adentrar.

E é no vazio da terra que uma semente pode brotar, no vazio na mente que o inusitado pode se libertar, no vazio de saber que a real sabedoria encontra espaço, no vazio de crenças que ganhamos a liberdade de escolher no que acreditar!

O vazio nos torna livres... pensem nisso!

Veja, Lao Tse , em 99 a.C., já sabia disso, veja o que diz seu tratado, o Tao Te King:

“Trinta raios convergentes, unidos ao meio, formam a roda, mas é seu vazio central que move o carro. O vaso é feito de argila, mas é o seu vazio que o torna útil. Abre-se portas e janelas nas paredes de uma casa, mas é seu vazio que a torna habitável.”

Assim... não tema o vazio, talvez ele seja o maior presente que recebemos. A verdade é que sem o vazio seríamos tristes caricaturas de quem de verdade podemos ser. Seja corajoso. Aceite-o e permita que ele lhe inspire a tornar-se quem você de verdade é.

O que seria de uma vida sem o mistério... sem a noite... sem as estrelas?

É no vazio que mora a nossa musa, e as mais belas idéias, e os sonhos, e a poesia...

Aceite o vazio e... se puder... ame-o.

Fonte de inspiração: Vya Estelar

E frases célebres sobre o vazio:

Mas o vazio tem o valor e a semelhança do pleno. Um meio de obter é não procurar, um meio de ter é o de não pedir e somente acreditar que o silêncio que eu creio em mim é a resposta a meu - a meu mistério. [Clarice Lispector]

O amigo é a resposta aos teus desejos. Mas não o procures para matar o tempo! Procura-o sempre para as horas vivas. Porque ele deve preencher a tua necessidade, mas não o teu vazio. [Khalil Gibran]

Solidão é quando o coração, se não está vazio, sobra lugar nele que não acaba mais. [Antonio Maria]

E assim é o ser humano: tão vazio que se preenche com qualquer coisa, por mais insignificante que seja. [Blaise Pascal]

A mãe reparou que o menino gostava mais do vazio do que do cheio. Falava que os vazios são maiores e até infinitos. [Manoel de Barros]

Está se sentindo vazio? Preencha esse espaço com solidariedade.Saia desse buraco.Há muita gente precisando de você. [Gabriel Chalita]

23 comentários:

  1. vi seu blog por intermédio do blog Afazia..

    vim
    li
    gostei e comentei

    parabens pelo blog estetica boa..
    idéia ótima.
    bela textualidade e nota 100000 pras fotos da mulher mais linda dos anos 50/60 e 70 marilin monroe
    ótimo feriado se for feriado ai...
    aqui é [muahahahahahaaa]
    e atualizei minha criança...
    aisjoiasjoiasjias

    www.bocadekabide.blogspot.com

    te espero lá.
    abração e até mais!.

    ResponderExcluir
  2. Gostei do texto. Mas eu desisti de preencher qualquer vazio. Aceitá-lo não significa que você vá usá-lo.

    ResponderExcluir
  3. Onde os sonhos extraviados vão parar?
    R- Vão parar no blog "a moça do sonho"

    Olá, meu nome é Roberto, sou jornalista e resido em Maringá-PR.


    Conheci seu blog por acaso, durante um passeio pela net. Maravilhoso. Não há outra palavra para defini-lo. Virei freguês e agora não passo um dia sequer sem te visitar. Mais que um blog, seu trabalho é uma benção nesta nossa vida carregada de problemas estresse.

    Parabéns!!!!! Não pare nunca com este trabalho maravilhoso.

    robertosilva@odiariomaringa.com.br

    ResponderExcluir
  4. Deni, assim que for possível vou conhecer seu blog, obrigada!

    Andarilho, se esta é sua opção e está bem assim, então é só isto que importa!Aceitar já é um grande passo!

    Roberto, fiquei toda boba aqui com os elogios!rsrrs Volte sempre, a casa é sua!

    Beijos pra todos!

    ResponderExcluir
  5. "Pois eu acredito que o vazio exista para nos lembrar exatamente disso"

    Ai, fico tão feliz por estar de férias e ter tempo para voar pelas suas palavras. Mesmo!

    É verdade, Du, é ver-da-de; estou aprendendo agora que o vazio existe para nos lembrar que somos capazes de AMAR! Eu me achei no seu texo. Já fiz muito isso; besteiras e açoes impensadas só para tentar fazer o vazio sumir. Já me relacionei só por relacionar, já gastei o que não tinha, já até coloquei piercings e fiz tatoos, pode? rs Sorte q não em arrependi! rs

    Enfim, é isso aí... Você sabe o que diz. A sensibilidade deve sair pelos seus olhos. Um dia eu descubro!

    beijos e mais beijos

    ResponderExcluir
  6. Nãããããão! Eu escrevi pra CACETE e quando fui publicar, travou!

    Vamos lá... paciência!

    Du, fico tão feliz por estar de férias e ter tempo para voar pelas suas palavras, sabia? É um aprendizado cada vez que entro!

    É isso mesmo; você disso tudo: "vazio exista para nos lembrar exatamente disso!". Para nos lembrar que sempre somos capazes de a-mar!
    Eu me achei em seu texto. Já fiz muito isso; ações impensadas só para tentar acabar com algo que está alí para nos fazer forte, nos fazer crescer, amadurecer. "perder vazio é empobrecer"!!!

    Delícia!

    Um super beijo, Duzinha!

    ResponderExcluir
  7. hahahaha...eita, e tinha ido! Bom, fica com dois então! Você merece...

    ResponderExcluir
  8. rsrsrsrs Só você mesmo, Glaycinha!

    Na verdade o texto não é literalmente meu, o que eu fiz foi um "resumão" do que encontrei no Vya Estelar e as frases são do Pensador!Eu misturei tudo e saiu o post! ;) Mas no final, ficou exatamente como eu queria. Que bom que você gostou, querida! :D

    ResponderExcluir
  9. "Esvazie sua xícara primeiro, só então você poderá provar meu chá. Afinal de contas a utilidade da xícara está em poder esvaziar-se. Abra sua mente para receber novas idéias."
    Bruce Lee

    Trago esse pensamento comigo há muito tempo. Seu texto ajudou-me a compreendê-lo. E agora, posso enfrentar meus "vazios" com mais criatividade e conhecimento.
    Valeu, Du!

    Beijos mil!!!

    "No começo só havia o vazio
    Transbordando com infinitas possibilidades
    Das quais uma delas é você..."
    William Arntz

    ResponderExcluir
  10. Duzinha,
    Você é maravilhosa!!! Conseguiu traduzir muito bem o vazio e conseguiu passar uma idéia maravilhosa de como usar e preencher esse vazio.Adoro essa sua criatividade e a maneira de passar boas idéias,bons pensamentos para nós seus leitores.Que Deus continue a te dar essa fonte inspiradora ,essa capacidade para escrever coisas que tocam nossa alma.Beijos

    ResponderExcluir
  11. Esse vazio é que nos faz pensar e repensar em mtas coisas que queremos nos tornar!!
    Eu tenho momentos de vazio, e sempre procuro preenche-lo da melhor forma possível!!
    adorei o texto.
    bjão

    ResponderExcluir
  12. eu quero aprender com o vazio; Não é facil conviver com ele, mas já que o vazio vem pra todos nós acho que devemos tentar preenche-lo ate o ultimo instante.

    ResponderExcluir
  13. Giane, adorei as suas frases complementando o texto! Na verdade este texto também me ajudou a compreender muita coisa!

    Sonia, assim você me deixa sem graça! rsrsrs Obrigada, de coração!

    Reflexos, acho que todos nós temos nossos momentos de vazio, o segredo está em saber administrar estes momentos.Que bom que você encontrou o caminho!

    Karol, é isso aí!

    Beijos pra todas!

    ResponderExcluir
  14. Ja ando "vazio" um tempo..
    Bom final de semana
    beijos

    ResponderExcluir
  15. Bom final de semana pra você também, Olavo!

    ResponderExcluir
  16. Só cheguei aqui agora, gostei do que vi, acho que vou ficar. Bom findi pra todos.

    ResponderExcluir
  17. Du,

    Esse post é pra ser devorado!
    Vou te contar viu. Quanta informaçao importante reunida. Du eu fiquei com vontade de escrever um palavrao feio! hahahah Vou me conter.

    Muito bom mesmo!

    ResponderExcluir
  18. Nossa, Du... que linda reflexão sobre essa sensação que é universal e tão humana! E você está tão certa que nem tenho muito o que dizer, só que eu não tinha parado pra pensar dessa forma e, garanto a voc~e, me sinto melhor agora que você "me abriu os olhos" em relação ao meu buraquinho interior! =)

    Lindo, Du, mesmo. Você é muito sensível, sabia?? Grande qualidade para uma escritora! =)

    beijos, e bom domingo!

    ResponderExcluir
  19. Um dia escrevi que é pelo limite que percebemos o infinito porque somos seres marcados por contrastes. Dos nossos vazios é que conseguimos perceber o quanto podemos apreender, assimilar e trazer para nós o nosso bem estar. Ter a consciência do quanto vale o nosso vazio é ter atenção em estado por demais pertinente.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  20. fcazarin, seja sempre bem-vindo aqui, obrigada!

    Vidal e Lorena, eu sou fã dos dois, qualquer elogio vindo de vocês é uma alegria imensa pra mim! =) Muito obrigada, adoro vocês!

    Cadinho, você demonstra ser um homem muito sábio!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Acho que a vida é um enorme vazio cheio de possibilidades e tudo (absolutamente tudo) só depende de nós. Bjs carissima

    ResponderExcluir
  22. Nossa amei esse post!!! Inclusive ja fiz um post sobre esse mesmo assunto, só que com apenas perguntas sem respostas!!!!
    Muito bommmm \o/

    ResponderExcluir
  23. Duzinha do meu coração, entendi graças ao post que é necessário em muitos momentos, mas posso confessar?
    Mesmo assim eu não gosto desse ventinho que faz aqui dentro quando falta um pedaço.
    Lição de casa: aceitar as possibilidades do vazio.

    Um beijo pra tu

    ResponderExcluir

^ Suba