Um susto e tanto!

14/07/2009

Ontem eu passei por uma verdadeira “sessão terror” no ônibus enquanto voltava do trabalho para casa. O ônibus simplesmente começou a pegar fogo na parte de trás, onde fica o motor. Só que a fumaça veio direto para dentro do ônibus, que era do tipo executivo, daqueles que tem todas as janelas fechadas por causa do ar-condicionado.

Eu estava sentada, bem tranquila de olhos fechados ouvindo meu mp3 quando percebi os gritos e a fumaça que dominou tudo em poucos segundos. Foi tudo muito rápido! No momento em que me dei conta da situação sem nem entender direito o que estava acontecendo, mesmo com os fones no ultimo volume eu consegui ouvir os gritos histéricos e desesperados das pessoas que estavam comigo ali, naquele ônibus lotado. Entre o coração acelerado e a dificuldade de respirar por causa da fumaça, a minha mente rezava e só via a imagem do meu filho : “eu não posso morrer agora, por favor Deus, não agora…”

Eu estava sentada mais ou menos no meio do ônibus quando a confusão começou, mas quando o motorista finalmente conseguiu parar o ônibus e abrir a maldita porta, eu fui a primeira a sair (não me perguntem como consegui esta proeza). Só quando estava na rua, sã e salva junto com todos os outros, é que me dei conta do absurdo da situação. Crianças e mulheres chorando, os homens indignados reclamando da empresa que cobra uma passagem absurdamente cara (5,70) e coloca para circular ônibus que deveriam ter virado peça de museu, de tão velhos! E eu ali, quieta, observando tudo e pensando…

Eu nunca havia passado por algo assim e sentido um pânico tão grande, uma sensação iminente de morte.

Quando um outro ônibus chegou para o nosso resgate, eu sentei numa das janelas, coloquei de volta nos ouvidos os fones do mp3 e tocava “Just like heaven” da katie melua. Respirei bem fundo e talvez inspirada pela música, olhei para o céu e só então percebi como estava lindo! Sorri e agradeci a Deus, porque tudo não passou de um susto muito grande, e também por ter a oportunidade de ver um céu com nuvens coloridas cobrindo o sol… eu não resisti e fotografei, ali mesmo da janela, com o ônibus em movimento!

Imagem041

Se estas fotos não são uma prova da presença de Deus nas nossas vidas, então eu não sei de mais nada!

Imagem032

30 comentários:

  1. Olá,fico feliz que tudo tenha terminado bem.E as foto são realmente lindas.Há coisas sem explicação mesmo.Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Dú,
    Bom Dia!
    Que fotos lindas essas!!!
    Quando o aperto é grande a gente arruma um jeito de ser a primeira sempre...
    fiz um post no Vidas Linha sobre o susto no fim de semana!!!
    Vai lá dar uma espiadinha... estou te esperando no tertúlia amanhã viu???
    bjão

    ResponderExcluir
  3. Du, que susto mesmo. Nossa fui lendo aqui e ficando agoniada com a sua agonia.Ainda bem que eu teve um final feliz e que vc está bem.
    Esses dias tem acontecido cada coisa né?
    Ontem mesmo tava lendo a cafeína e ela contava também uma história de trânsito com um final nada feliz.
    Nós temos que aproveitar cada dia, cada momento da nossa vida, porque a gente nunca sabe o que pode acontecer nessas ruas malucas.
    Beijo Duzinha. Um dia de muitos momentos bons para aproveitar.

    ResponderExcluir
  4. O.o
    Sabe o q é interessante?
    A transição da fatalidade para a vida.
    É bem assim que o tempo transcorre, né?!
    As coisas boas continuam acontecendo, páreo a páreo às tragédias. E, graças a Deus, as coisas boas prevalecem.

    Deus te cuide, Du! Ele te ouviu, e Ele sempre te ouvirá!

    ResponderExcluir
  5. Susto mesmo, mas bem recompensado. Acredito que as nuvens representam muito bem aquilo que é divino.

    ResponderExcluir
  6. Fico imaginando voce voando ali dentro do onibus e sendo a primeira a sair.
    Graças a Deus tudo ocorreu bem...ufa!
    Beijão linda, bom dia!

    ResponderExcluir
  7. Du , que susto, menina! Graças a Deus que deu tudo certo!

    bjs

    ResponderExcluir
  8. Minha nossa flor!!!
    Que sustão, ainda bem que não passou disso, além de ter pensado ainda lhe rendeu belíssimas fotos na constatação da existência de Deus.
    Amo Katie Melua há anos, sua voz, suas canções são perfeitas...

    lindo e tranquilo dia flor querida
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Um susto e tanto!
    Mas às vezes coisas assim nos fazem lembrar que existe alguém maior lá em cima.. Olhando por nós....

    ResponderExcluir
  10. Como eu durmo com o rádio ou mp3 ligado dentro de um ônibus, eu nunca iria perceber isso. É verdade! Teve uma vez que o pneu estourou e o ônibus derrapou. Dizem que teve muita gritaria. Sinceramente não vi e nem escutei nada.
    O importante é que você está bem!

    Quanto a presença de Deus, sei lá, Du... São apenas nuvens no céu cuja mudança de coloração é causada pela refração da luz do Sol ao atravessar a nossa atmosfera, absorvendo algumas freqüências e liberando outras conforme a hora do dia...

    ResponderExcluir
  11. Cidão, eu compreendo o teu ponto de vista, só que naquele momento, foi em Deus que eu pensei, de verdade! rsrsr Obrigada pelo carinho!

    Estou sem tempo hoje para responder a todos, mas muito obrigada aos que já comentaram!

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá Du! Nossa que susto... Nesta parte eu gelei

    "Entre o coração acelerado e a dificuldade de respirar por causa da fumaça, a minha mente rezava e só via a imagem do meu filho : “eu não posso morrer agora, por favor Deus, não agora…”
    "

    Nossa, graças a Deus tudo acabou bem!
    Adorei as fotos, céu lindo XD

    ResponderExcluir
  13. Referente ao Michael, eu tb fiquei muito triste, não quando soube da notícia de sua morte, mas sim quando conheci melhor a sua história e suas músicas. Quase chorei assistindo o funeral pela tv, principalmente na parte em que a Paris fala dele =( Muito triste. Lamento não ter conhecido melhor as suas músicas e a sua história antes deste trágico acontecimento. A imprensa é muito fdp, falou muita merda dele, agora conhecendo melhor e analisando tudo tenho certeza de que ele não era pedófilo, e sim uma criança que não pôde crescer por culpa do mercenário do Joe Jackson. É triste ter conhecido todos esses fatos somente agora... =(
    Eu tb amei Smile com o Michael cantando, não paro de ouvir XD

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Ah, c viu que o Joe Jackson agora quer colocar os netos pra ser artistas? ¬¬

    absurdo, viu...
    q raiva

    ResponderExcluir
  15. Eu vi, Ka! Também achei um absurdo, mas isto já era esperado. Imagina se alguém não ia se aproveitar da morte do Michael pra ganhar dinheiro? E lógico, com um pai daqueles, só podia ser ele mesmo, né? aff... Vou te contar, viu? Hipocrisia pouca é bobagem. Mas sabe o que é pior? É capaz de fazerem muito sucesso...

    Beijo

    ResponderExcluir
  16. Sim, era esperado, eu até comentei com a minha mãe que isso poderia acontecer. Aquele mercenário provou definitivamente que não está e nunca esteve nem ai com o filho.

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Ao meu querer!
    Dias noites, estações esquecidas
    Inventei sonhos para sonhar
    Lavei mágoas, dores perdidas

    Uma árvore toca as águas da lagoa
    O nevoeiro faz desenhos nas cumeeiras
    Um Melro negro solta um pio ao acaso
    A palavra quero-te diz-se de mil maneiras


    Convido-te a ver a Cor da Claridade


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  18. Que bom que terminou tudo bem, e que no final você pode tirar um sentimento positivo. Ultimamente ir pra o trabalho pra mim esta sendo uma aventura continua... ônibus velho! ?! Eu nem sei se seria bem este termo que deveria usar pra nomear o transporte que estamos usando aqui na empresa, passamos por aflições sempre, sempre. Graças a Deus nada de grave aconteceu ainda, ainda.
    Bj =)

    ResponderExcluir
  19. E eu achando, ao ler o título do post, que fosse algo fictício (uma daquelas suas crônicas), mas em seguida veio o susto com a constatação de que era tudo real!!

    Que bom que o final foi feliz! Vocês deveriam entrar todos juntos com uma ação contra a empresa, pra que ela ao menos melhore o transporte!

    Quanto às nuvens, muito belo mesmo e quase inexplicável! Quanto a Deus, concordo com o Cidão! Isso sem querer desrespeitar ninguém!! :-)

    Beijo!

    ResponderExcluir
  20. ...é, mas como vc conseguiu sair primeiro? hehe
    Nossa, Du, que sustão, heim?! Acredita que hj eu pensei nisso (e ainda n havia lido seu post)? EStava dentro do ônibus, no ponto final, e pensei "e se esse onibus pegasse fogo?"; "ah, mas eu me salvaria"! heheheh Que loucA!
    Bom, siiim, Deus está em todos os cantinhos... Olhando tudo! Estava lá tb!
    Beijos e beijos

    ResponderExcluir
  21. Boa tarde minha filha.

    que susto...mas graças a Deus tudo está bem e que fotos lindas, realmente Deus nos surpreende mesmo, depois de um susto desses te agraciar com um céu tão maravilhoso.
    Beijos filha, que Deus te abeçoe!

    ResponderExcluir
  22. Du,

    Eu estou com uma história nada parecida mas com um final (uma prova da presença de Deus nas nossas vidas) bem parecido pra contar. Mas estou sem tempo hoje.

    Poxa, gostei muito das imagens. Ainda bem que você está aqui e bem, o que seria de nós hoje, amanhä se você tivesse ido? Ó deus, segura ela por aqui mais umas décadas rsrs.

    Bj!

    ResponderExcluir
  23. Graças a Deus que tudo não passou de um susto. Que deve ter sido terrífico.
    Acredito que Deus sempre está presente na nossa vida.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  24. Olá, finalmente consegui um tempinho pra vir fazer uma visitinha :D Estava sentindo falta dos meus passeios pela net... Mas não deixo de acompanhar as novidades pelo feeds. Beijoss

    ResponderExcluir
  25. Minha nossa, Du, que susto! Ainda bem que não aconteceu nada de sério...
    Mas sabe, são essas coisas que acontecem e nos fazem pensar na importância das pequenas coisas. Foi como aconteceu com você, depois que o susto passou você se deu conta da beleza do céu... Vivemos essa nossa vida corrida, anestesiados, que só quando sofremos um choque é que nos damos conta da grandiosidade que é viver. A grandiosidade das pequenas alegrias, nada paga isso.
    E Deus está presente sim, disso eu nunca duvido. Olho o mundo, o natural e mesmo o humano, mesmo com as imperfeições, e penso que Deus anda por aí, ora se admirando, ora se entristecendo, mas sempre presente.

    beijos, Duzinha.

    ResponderExcluir
  26. Du!

    Tudo bem?

    Com certeza, você não iria escolher passar por essa situação. Mas, se não passasse, não contemplaria esse belo céu e não tiraria as fotos dele.

    Deus sempre tem um propósito em tudo. Nada é por acaso.

    (Obrigado por comentar em meu blog. Que bom que depois você conseguiu inserir seu comentário. Mas, mesmo assim, copiei o comentário que você fez lá no blog do Vidal e colei no meu blg).

    Beijos.

    ResponderExcluir
  27. Oi, Du!

    Que bom que o divino está sempre a nos olhar, mesmo quando não o vemos!

    Beijos mil!!!

    ResponderExcluir
  28. Duzinha, sinto muito só ter dado para vir aqui hoje para saber dessa sua experiência. Mas fico feliz por você ter passado por isso e ter saído dela de uma maneira tão linda. Acho mesmo que você tem o dom de ainda ver as coisas com os olhos de uma criança e senti-las com a maturidade de uma verdadeira mãe.

    Eu já tive uma arma apontada pro meu rosto e sei bem o que é ter medo de morrer. Também tive essa mesma sensação de que não temos consciência de quanto somos efêmeros e de sempre achar que a morte só bate na porta do vizinho.


    Um beijo bem grande e um abraço bem apertado, mas bem apertado mesmo!

    ResponderExcluir
  29. Carissima, todos os dias acontecem muitas coisas conosco e acho que aprendemos e muito com todas elas. Minha mamma dizia que ninguém morre de véspera. Quando meus pais morreram era para eu estar no carro com eles a caminho da casa da nona, mas fui chamada para uma entrevista para a faculdade, super em cima da hora. Eles foram e eu fiquei... As coisas nem sempre tem explicação como você ser a primeira a sair do ônibus. Fico feliz por saber que está bem e que tudo não passou de um susto. Grande abraço menina

    ResponderExcluir
  30. Du, "nessas horas é que Deus dá as pistas pra eu ser feliz..."
    Bem-vinda à vida, de novo, né?
    Um beijo!

    ResponderExcluir

^ Suba