Amar o inútil

11/12/2009





É preciso amar o inútil.
Criar pombos sem pensar em comê-los,
plantar roseiras sem pensar em colher rosas,
escrever sem pensar em publicar,
fazer coisas assim, sem esperar nada em troca.
A distância mais curta entre dois pontos pode ser a linha reta,
mas é nos caminhos curvos que se encontram as melhores coisas da vida.
A música. Este céu que nem promete chuva.
Aquela estrelinha nascendo ali... está vendo aquela estrelinha?
Há milênios não tem feito nada, não guiou os reis magos,
nem os pastores, nem os marinheiros perdidos... apenas brilha.
Ninguém repara nela porque é uma estrela inútil.
Pois é preciso amar o inútil porque no inútil está a beleza.

Trecho do romance 
"Ciranda de Pedra", de Lygia Fagundes Telles.

6 comentários:

  1. Lindo, Du.
    Lindo.
    São coisas assim que fazem a gente ter fome e sede de literatura.
    Se há tanta coisa boa para absorver, por que não prosseguir??

    bjs e obrigada por essa delícia trazida no brilho da estrela :*

    ResponderExcluir
  2. a beleza da vida reside na simplicidade - o cheiro de café acordando a casa, o cheiro da grama cortada, o beija flor na árvore da frente, o barulho do grilo, os cachos de Maria espalhados no travesseiro!

    ResponderExcluir
  3. Adorei o texto. Realmente precisamos fazer mais coisas sem querer nada em contra. De certa forma sempre que fizemos algo esperamos um retorno ou uma atitude igual de outra pessoa...Adorei o texto. Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Nossa Du,

    Que lindo..
    Fiquei até emocionada...
    Somos muitas estrelas neste céu chamado vida né...

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho aprendido e cada vez mais fico mais apaixonada pelo inútil. E ele é tão lindo!

    Beijos, Du!

    ResponderExcluir
  6. "Há milênios não tem feito nada, não guiou os reis magos,
    nem os pastores, nem os marinheiros perdidos... apenas brilha.
    Ninguém repara nela porque é uma estrela inútil."

    Porque amor de verdade é assim, Du: não precisa de nada extraordinário pra acontecer. =]

    ResponderExcluir

^ Suba