Se eu fosse hoje uma flor...

14/12/2009




Vimos uma margarida e nem sequer era Primavera
E disseste que margarida é amarelo e branco
E eu disse que branco era paz
E disseste que amarelo era desespero
E dissemos quase juntos
Que margarida era então
Desespero cercado de paz por todos os lados

[Caio Fernando Abreu]

11 comentários:

  1. Mas vc é uma flor...

    Só não quero que seja como descrito pelo Caio, pelo contrário .. quero ver-te bem e feliz!

    =P
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  2. Olá...Amamos o seu blog, lindos poemas. Se puder, visite o nosso, e deixe um comentário, sempre estremos voltando aqui!
    Bjus... Karen e Ryan.

    ResponderExcluir
  3. margarida sem foi minha preferida. florzinha vagabunda que nasce no meio do mato.

    ResponderExcluir
  4. Você é a flor que nasceu em minha vida e sempre, sempre me encanta com seus versos e poesias.
    Beijos de uma linda e gloriosa semana filha minha!
    Te amo!

    ResponderExcluir
  5. Até na flor és, desconcertantemente, delicada.

    ResponderExcluir
  6. Tudo o que o Caio F. escreve é lindo.

    Até o que é demasiado feio.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Querida Du

    Somos como as flores ao desabrochar estamos alegres, ao murchar estamos tristes. A verdade é que temos os nossos momentos na vida.
    Linda poesia!
    Un beso

    ResponderExcluir
  9. Minha Best me chama de margaridinha... Ela tem razão.

    Moça, tem selinho pra ti no céu de brigadeiro.

    bjks :*

    ResponderExcluir
  10. Du, você é uma flor!!! E que flor!!!

    ResponderExcluir
  11. Tu é a minha florzinha, Du. Minha margarida, independentemente de como o CFA tenha definido a margarida.

    'Margaridas são tão amiguinhas' ^^


    Te amo!

    ResponderExcluir

^ Suba