Cuidado, a raiva pode te matar!

28/04/2010


As pessoas com doença cardíaca devem tomar cuidado com sua forma de lidar com os sentimentos de raiva. Segundo um novo estudo da Universidade de Tilburg, na Holanda, os pacientes que reprimem sua raiva têm quase o triplo de chances de ter um infarto ou de morrer nos próximos cinco a dez anos.
Em estudo com 644 pacientes com doença arterial coronariana, os pesquisadores notaram que pessoas com personalidade do tipo D, propensas a sofrer de raiva e outras emoções negativas, mas com dificuldades de expressar esses sentimentos, correm mais riscos de sofrerem eventos cardíacos importantes.

Estrangulamento

De acordo com os especialistas, a raiva pode estrangular o fluxo sanguíneo no coração e provocar alterações no ritmo cardíaco. E há evidências de que a repressão a esses sentimentos negativos pode ser muito prejudicial ao coração.

Porém, isso não significa que as explosões de raiva são as melhores formas de lidar com esse sentimento. "As pessoas tendem a dar vazão aos sentimentos de raiva ou guardá-los internamente, porém acredito ser importante encontrar uma solução intermediária para resolver esses sentimentos de raiva - mas de uma forma mais construtiva e adaptável", destacou o pesquisador Johan Denollet.

Fonte: SisSaúde.

Um comentário:

  1. É sim, a raiva é traiçoeira...

    Engraçado qndo eu fico num dia não mto tranquilo, tenso... Nossa, no dia seguinte parece que levei uma surra. Coisas da raiva que o coração não aguenta!!

    Beijinhos doces Du

    ResponderExcluir

^ Suba