É preciso coragem, afinal, tudo passa!

17/04/2010




Um vulcão em erupção, lavas incandescentes queimando toda a estrada, logo aquela que era de uma beleza ímpar, era incomum. Haviam árvores com frutos maduros e suculentos e flores multicoloridas. Havia sol e brisa leve no rosto à tardinha. De vez em quando chovia e o cheiro da terra era a melhor coisa de se respirar.



Ninguém viu, mas existiam crianças caminhando por ali e sorriam o tempo todo... 

Sempre que imagino alguém muito feliz, imagino um rosto de criança.
Crianças não mentem e tem os sentimentos mais puros do mundo.
A natureza também não mente e reage conforme o tratamento que recebe.
Mas o fogo da verdade destrói a pureza de qualquer ser ou lugar.
Cinzas escuras, fétidas e uma criança sozinha chorando muito.
É o que resta na estrada, mas um caminho que não existe mais não leva a lugar algum.
Chove aqui dentro, melhor assim, o cheiro seria ruim lá fora. 

O que fazer diante da destruição de uma ilusão?
Alguém diria "foi melhor assim" ou "antes agora que mais tarde", tudo balela...
Não devia ter acontecido e pronto.
Faz sentido você basear a sua vida em busca da verdade e mentir pra si mesmo ou para aqueles que ama?
Faz não.
Então você pergunta "por que" pra ver se entende, mas todas as respostas já estão escritas, linha por linha.
O coração fica pequeno e apertado e assim do nada, não cabe mais no peito.
Precisa do perdão mas não é capaz... ainda.
Inerte no tempo do coração, a visão mais tenebrosa da destruição acontece de olhos fechados e é traduzida pela dor lancinante da perda do que foi sagrado.

O tempo da reconstrução começa, mesmo que você relute e teime em não aceitar. 
"Mãos a obra", ou seria coração? É a voz que você ouve, vem de dentro e ilumina.
É preciso coragem, afinal, tudo passa.

(Du -Republicação)



Tudo passa - Chico Xavier


Todas as coisas, na Terra, passam...
Os dias de dificuldades, passarão...
Passarão também os dias de amargura e solidão...
As dores e as lágrimas passarão.
As frustrações que nos fazem chorar...
um dia passarão.
A saudade do ser querido 
que está longe, passará.

Dias de tristeza...
Dias de felicidade...
São lições necessárias que, na Terra, 
passam, deixando no espírito imortal
as experiências acumuladas.
Se hoje, para nós, é um desses dias
repletos de amargura,
paremos um instante.
Elevemos o pensamento ao Alto,
e busquemos a voz suave
da Mãe amorosa
a nos dizer carinhosamente:
isso também passará...

13 comentários:

  1. querida,
    tens dentro do peito um pássaro... deixa-o voar...
    beijos,
    denison

    ResponderExcluir
  2. Ah está tudo tão doído...

    Aí leio aqui e meu coração aperta mais ainda, mesmo devendo me confortar com as palavras de Chico Xavier...

    ResponderExcluir
  3. Exatamente o que Eu precisava ouvir...nesse caso, ler.
    Belissímo texto. Republicado em hora precisa.

    Beijos mil, Du!!!

    ResponderExcluir
  4. Belo texto moça, tempo de reconstrução.

    Beijão do amigão

    ResponderExcluir
  5. VejaBlog
    Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
    http://www.vejablog.com.br

    Parabéns pelo seu Blog!!!

    Você está fazendo parte da maior e melhor
    seleção de Blogs/Sites do País!!!
    - Só Sites e Blogs Premiados -
    Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
    os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

    O seu link encontra-se no item: Blog

    http://www.vejablog.com.br/blog

    - Os links encontram-se rigorosamente
    em ordem alfabética -

    Pegue nosso selo em:
    http://www.vejablog.com.br/selo


    Um forte abraço,
    Dário Dutra

    http://www.vejablog.com.br
    ....................................................................

    ResponderExcluir
  6. Obrigada, pode ter certeza de que vou voltar aqui muitas vezes...
    Não preciso nem dizer o quanto gostei, certo? (=
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Que saudades de ti minha filha!
    Seu texto sempre me fazendo entender coisas que não entendia, é assim que Deus fala comigo. Precisava ler para poder entender.
    Sempre aprendendo com você. E chico falou também que tudo passa...e eu vou esperar passar.
    Feliz por saber de você!
    Saudades muita saudades!
    Beijos e beijos sempre te amando minha filha!

    ResponderExcluir
  8. Olá Du! Não repare em minha visita relâmpago, mas venho lhe convidar para ler o novo capítulo de “O Diário de Bronson (O Chamado)” e deixar o seu comentário.

    Retornarei com melhores modos e mais tempo. Tenha um ótimo final de semana. Abraço do Jefhcardoso!

    ResponderExcluir
  9. Que blog mágico, intantâneo, cheio, vulcânico!
    Gostei daqui, to te seguindo moça.

    ResponderExcluir
  10. Du,
    Saudades de vir aqui, saudades de você!
    Que bom poder ler o que li aqui hoje, é preciso sempre lembrar que sim, tudo passa...Beijo no seu lindo coração,
    Cris

    ResponderExcluir
  11. Du, meu anjo!

    Tudo passa. E o sorriso sempre permanece!!

    Vamos ficar do lado de dentro sentindo o cheiro da terra molhada e cantando canções...

    Te amo mocinha linda!!!

    Abraço de urso e beijo estalado!!^^

    ResponderExcluir
  12. Oi prazer! Gostei da simplicidade e da fluidez melódica da seqüêcia de idéias. Masssssssssa!!
    Realmente o tempo é nosso bem mais precisos!

    BeijooO'

    ResponderExcluir
  13. Aos poucos, tudo fica no seu lugar - 'na mais perfeita ordem e na mais santa paz'.

    #amotu BEM MUITO!

    ResponderExcluir

^ Suba