Um dia, meu coração vai te esquecer inteiro...

11/10/2010



Um dia eu ainda vou esquecer de como todos os domingos eram difíceis, e as segundas-feiras tão carregadas de mil desculpas e afetos da tua parte.
Um dia vou esquecer todas as tuas palavras... eu era tua alma gêmea, a tua vida, o teu destino. 
Um dia quero esquecer todos os beijos de bom dia, os beijos de amor antes de pegar no sono, quando me agarrava ao travesseiro sonhando contigo, ao meu lado. 
Um dia vou esquecer que por muito, muito tempo nós rimos juntos, do quanto fomos felizes falando bobagens, como duas crianças brincando de amar.
Um dia vou esquecer tuas confidências só pra mim, já que além de tudo, éramos um do outro, os melhores amigos... e esquecer como tudo ficou tão vazio sem a tua presença.
Um dia vou esquecer como eu adorava a tua voz nos meus ouvidos, dizendo que me amava mais que tudo no mundo...
Um dia vou esquecer que fiz e faria tudo por ti, se pudesse.
E vou esquecer também que fiquei sozinha e ferida, no momento em que eu mais precisava de ti, do teu carinho de "amigoamor".
Um dia vou esquecer tuas mentiras, tua deslealdade e de todas as vezes que chorei achando que tinha perdido meu amor pra sempre.
Um dia vou esquecer quantas vezes te perdoei, mas acho que já perdi as contas...
Um dia talvez eu também esqueça quem eu era quando estávamos juntos.
Um dia meu coração vai te esquecer inteiro.

Du


I'm busy mending broken pieces of the life i had before... before you...


14 comentários:

  1. Fases e processos.Dor, ódio, rancor. Coisas assim que vem e vão a todo momento nas lembranças da parte que foi ferida. Só o tempo e Deus. Nada mais resta. Fica bem.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. O amor tanto engorda quanto mata, já dizia o Djavan, mas que morre de amor é quem mais vive.

    Força!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Esse sentimento é tão forte, tão intenso, tão presente na vida de nós, que somos tão sensíveis e que sentimos tanto. O amor causa felicidade e causa dor... temos que aprender a viver todas as suas nuances, por mais que doa. E sempre iremos sobreviver! Que assim seja!
    te desejo toda força do mundo, nesse momento....te entendo TANTO , amiga!
    Te adoro!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Du, que post triste... Fiquei me lembrando de quando me senti assim. Foi por duas vezes na minha vida (até agora). E foi mesmo assim, triste demais.

    "Eu estou ocupado consertando pedaços quebrados da vida que eu tinha antes ... antes de você ..."

    Respondo a isso dessa forma:
    "Mas hoje sou uma pessoa melhor por ter passado por você, aprendido com você e tido a experiência fantástica de ter me relacionado com você. Mesmo que você tenha ido embora. Eu sei que sou uma pessoa melhor."

    Beijo

    Carla

    ResponderExcluir
  5. Sinceramente, queria te passar segurança e dizer que vai ficar tudo bem. É bem verdade que tudo, de alguma forma, acaba ficando bem. Mas o tempo é o verdadeiro senhor do destino.
    Eu ainda não esqueci completamente o antigo amor, aos poucos a lembrança vai se dissolvendo. Eu penso, involuntariamente, cada vez menos nela. Mas toda vez que fiz força pra esquecer, só atormentava mais e mais os momentos de solidão. Ainda não me sinto pronto pra amar de novo. Mas o amor não tem hora nem direção.
    Se eu pudesse te dar só um conselho, seria esse: deixa estar.

    ResponderExcluir
  6. eu queria poder te dizer mil coisas... mas sei que não há nada pra ser dito. se for com você, força. caso contrário, incrível a tua capacidade de por meus sentimentos em palavras.
    incrível. esquecer é não precisar mais fazer força, né?
    um beijo.

    ResponderExcluir
  7. Lindo! Lindo! Lindo...e triste!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. "Só por hoje eu não quero mais chorar
    Só por hoje eu espero conseguir
    Aceitar o que passou o que virá
    Só por hoje vou me lembrar que sou feliz
    Hoje já sei que sou tudo que preciso ser
    Não preciso me desculpar e nem te convencer
    O mundo é radical
    Não sei onde estou indo
    Só sei que não estou perdido
    Aprendi a viver um dia de cada vez
    Só por hoje eu não vou me machucar
    Só por hoje eu não quero me esquecer
    Que há algumas pouco vinte quatro horas
    Quase joguei a minha vida inteira fora
    Não não não não
    Viver é uma dádiva fatal!
    No fim das contas ninguém sai vivo daqui mas -
    Vamos com calma!..." (legião Urbana)

    ResponderExcluir
  9. Um dia eu vou te encontrar e te abraçar muito!!

    Beeijos

    ResponderExcluir
  10. e se isso tudo não funcionar.
    vou pra frente do espelho e olhar pra quem realmente me ama.
    :)

    ResponderExcluir
  11. E vai esquecer, bela, até que tudo cumpra seu papel. Até que percebemos: fica o que é bom. O que é pra ser nosso, nos virá ter às mãos. O resto, vivências, minha cara, vivências...
    Ces't la vie.
    Força, fênix. Coração regenera.

    ResponderExcluir
  12. Dores de amor... sim, se permita sentir. Este é o seu momento, durma , chore, durma e chore. A raiva está indo para dentro, te autoconsumindo por sonhos partidos e por ideais e expectativas. Ao longo do relacionamento vc ja sentia que dava mais do que recebia. Tudo na vida tem propósito e uma finalidade. O sofrimento é este grande professor. Que tal jogar esta raiva para fora e se autoconquistar, puxar a força que ela proporciona e catar pedaços de sua alma que se foram com aquele que você depositou todo os seus sonhos. Vá lá, pegue estes belos pedaços que precisam retornar à casa. Sua bela alma reconstituída brilhará e entenderá que precisa mais do que nunca se amar e não se despedaçar.
    Experiências doloridas fazem parte infelizmente no aprendizado da vida. Mas tudo tem fim e novos recomeços.
    Beijos, querida!

    ResponderExcluir
  13. Sabes amiga...

    Eu só queria poder tocar, sentir, respirar este vazio que me habita e me deixa exausta de nada.
    Passam os dias, passam as noites... e eu estagnada fico.
    O vazio dança em torno de mim sempre que a solidão me visita, procurando pela essência duma alma perdida...

    Há dias em que tenho vontade de GRITAR, por outros apenas falar... devagarinho... baixinho...
    Queria ter minha cabeça e meu coração andando de mãos dadas, rumo ao que eu posso "apalpar" e o que eu posso sentir...

    Mas somente a mente pode dizer o quanto pode ser difícil o caminho, quando os pés insistem em caminhar a metros do chão... nas alturas!
    São pés imaginários... E assim se torna todo o resto... imaginação... E a gente vê o quanto foi tola.
    Dói e dói e doi...

    Mas a esperança vive para acalentar os sonhos, e com certeza tu um dia acordará na praia dos sonhos e do amor que espera por ti...
    Deixas-me fazer-te companhia?

    Amo quando me visita...
    Grata doce anjo...Besos

    ResponderExcluir
  14. Um dia essa história toda vai estar no rodapé tímido de uma página amarelada de um livro esquecido na estante do quartinho dos fundos. E quando esse dia chegar, tu vai aprender a não te culpar pela simples existência de gente alma sebosa nesse mundo.

    Take care. =]

    ResponderExcluir

^ Suba