O cansaço nosso de cada dia ...

05/11/2010


Freqüentemente sentimos cansaço. Há o cansaço normal, esperado, como o que ocorre após exercício físico intenso. Quem já não sentiu "aquele" cansaço, por exemplo, após uma sessão pesada de ginástica ou após ajudar na mudança de um amigo? O cansaço será tanto maior quanto menor for nosso condicionamento físico para o exercício realizado. Mas o que significa aquela fadiga que muitas vezes nos acomete sem que tenha havido qualquer exagero físico, às vezes até mesmo durante as férias? A queixa de cansaço é muito freqüente no consultório e alerta para várias possibilidades.

Um paciente pode sentir cansaço porque sofre, por exemplo, de anemia. A anemia é uma condição na qual a quantidade de glóbulos vermelhos está diminuída e portanto a capacidade de carregar oxigênio para os tecidos, músculos em particular, está reduzida. Daí, o indivíduo fazendo um esforço e necessitando de "combustível" (oxigênio no caso) passa a apresentar cansaço. A anemia decorre, em geral, de deficiência alimentar, perda de sangue e outras causas. Um simples exame hematológico confirma o diagnóstico.

Às vezes a queixa de cansaço decorre de problemas infecciosos, como as viroses (infecções causadas por vírus). Todos já experimentamos o cansaço que a virose mais comum - a gripe - pode provocar no organismo. Quando o quadro é clássico (há coriza, febre etc.), o paciente claramente estabelece a ligação. Outras vezes, porém, a virose só se manifesta por cansaço e aí vai ser necessário um diagnóstico médico. Evidentemente, infecções mais graves também causam cansaço, mas nesses casos outros sintomas ocorrem e alertam para a necessidade de procurar ajuda. Às vezes, ainda, o cansaço é sinal de que há algum problema com o coração ou o pulmão. Novamente a falta de "combustível" (sangue, no caso de doença cardíaca, e oxigênio no caso de doença pulmonar) explica o sintoma.

Menos freqüentemente a explicação está no mau funcionamento da glândula tireóide. A menor oferta do hormônio da tireóide faz com que as células não funcionem direito e passamos a sentir cansaço. Outra causa de cansaço, extremamente freqüente, é a obesidade. Aqui há excesso de "carga" para a massa muscular e o cansaço é até um evento esperado.

Mas e quem não tem nenhuma dessas condições e "vive" cansado? Não é anêmico, nem gordo, não tem nenhuma virose, mas sente um cansaço... Bem, há muitos pacientes nos quais efetivamente não se encontra nenhuma causa orgânica para o cansaço. Na realidade, estes são até a maioria. É preciso lembrar que mente e corpo constituem uma unidade. As influências mútuas são múltiplas e às vezes muito intensas. Muitos dos pacientes que se sentem constantemente cansados estão acometidos de depressão psíquica ou apresentam problemas emocionais não resolvidos.

Outro fator muito importante é a pressão que sobre nós exercem o trabalho e o estilo de vida. O estresse prolongado das solicitações profissionais, econômicas, dos problemas de trânsito etc. pode, em certos pacientes, levar a uma profunda sensação de cansaço. Essa sensação piora muito com a falta de exercício físico e com o aumento de peso. Aqui estão, na maioria das vezes, as razões do cansaço nosso de cada dia. Mas não desanime: consulte seu médico e se não houver causa física ele saberá como fazer para que você descanse do cansaço.

Por Artur Beltrame Ribeiro, da revista SuperInteressante

3 comentários:

  1. Adorei o texto da Super, Du!
    Já me vi várias vezes acometida por esse cansaço, sem saber a razão exata...

    Agora entendo por que!

    O perigo é ficarmos cansados da vida... isso é que não pode!

    Beijos pra você!

    ResponderExcluir
  2. Afaste de mim esse cansaço, pai!
    Qualquer que ele seja, me dê dele
    o descanso e a paz!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Du!

    Concordo com a Tatiana...cansar da Vida? Quero muito trabalhar e descansar nela nos momentos certos!

    E não esqueça, Menina Sonhadora...Gosto muito de Você e como Eu, Tanta Gente...

    Beijos mil e Continue Bem e no Bem, Ser de Fé que tanto quero Bem!!!

    ResponderExcluir

^ Suba