A verdadeira definição do Amor

14/11/2010



O amor é a alegria operante,
é a bondade contagiante,
é o entendimento sem palavra articulada,
é o sentimento expressado na palavra equilibrada,
é a ternura sorridente,
é o sorriso contente,
é a vibração íntima do ser,
é o mais puro bem querer,
é a presença com a ausência,
é a essência sem aparência,
é o livro aberto da verdade,
é a atitude de solidariedade,
é a emoção da compaixão,
é a indulgência do perdão,
é a inteligência sem vaidade,
é a ação de servir da humildade,
é o favor sem pretensão,
é o ouvido que dá atenção,
é o olhar que envolve suavemente,
é o abraço dado carinhosamente,
é o óbulo que se dá com fraternidade,
é a mais pura expressão da caridade.

O amor não se circunscreve ao raciocínio intelectual,
o amor é o sentimento profundo,moral universal.
Se a inteligência tem a força da usina e o brilho da claridade,
o amor tem a essência a luz e o conteúdo da eletricidade.

O amor é a verdadeira razão de viver.
A vida sem amor não tem razão de ser.





Recebi um poema tão lindo no comentário deste post, que merecia ser compartilhado com todos vocês. Muito obrigada ao Mario Antonio, que eu nem conheço, mas que foi muito carinhoso comigo - um beijo na sua alma!



12 comentários:

  1. Sem dúvidas, existem mais verbos depois de amor, do que simplesmente o verbo ser.

    ResponderExcluir
  2. O amor é tudo isso...e é tão simples...
    LINDO, Du!
    Doar-se de forma a ajudar a quem precisa, sem querer nada além da amizade ( muito mais que amor! )

    TE AMO !

    ResponderExcluir
  3. Muito lindo mesmo esse poema!! Merece ser cumpartilhado com todos...

    Mas, na minha opinião, a verdadeira definição do amor está em suas indefinições!

    Beijos, queridíssima!

    ResponderExcluir
  4. Poema lindo demais, Du! Amor é tudo isso sim, é a presença de DEUS em nós!
    Saudade de você minha amiga!
    Bjo com muito amor!

    ResponderExcluir
  5. Que definição maravilhosa! :)

    ResponderExcluir
  6. Gostei, mas AMOR é indefinido. Vazio que se preenche e plenitude que se esvai. O ser sem amor não pode sobreviver, mas há outras razões para viver!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Muito Lindo. Mesmo ♥

    http://controlandominhamaluquez.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Dú,
    Lindíssimo o poema! As vezes somos presenteados com poesias assim, que nos deixam alegres demais! Adorei!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Claro que me lembro de vc Du. Saudades!!!!

    Besos!!!

    ResponderExcluir
  10. Oi, foi um definição e tanto do amor, e é isso, ele é tudo, ele é nosso oxigênio, nosso alimento, é a presença e algumas vezes ausência também. Lindo... belo!

    Estás convidada a conhecer meu blog
    www.enttreaspas.blogspot.com

    Beijos e sucesso sempre :)

    ResponderExcluir
  11. Estamos bem de definição! E isso já é um bom começo!

    Agora o trabalho é substituir o antigo fazer pelo novo ideal.

    E seguir praticando com fé, até isto se tornar sangue e atitude natural.

    Bjão!

    ResponderExcluir
  12. Linda definição da palavra Amor! Fez um bem enorme, lê-la agora, pela manhã!!

    ResponderExcluir

^ Suba