Crer ou não crer, eis a questão.

21/11/2011

Não sou descrente
por não acreditar em religião
não acredito nessa gente que crê
mas não vive em comunhão

A vida é uma só
e a gente vive dando um nó
vamos nos libertar dessas correntes
pra seguir só em frente...

Vamos sem medo
fugindo dos que dizem ir além
com Deus acordamos cedo
não precisamos de mais ninguém!
Sou agnóstica por opção, mas acredito mesmo em ENERGIA - (a energia positiva ou negativa das pessoas tem um poder enorme sobre nossas vidas). Minha fé é constante, mas não faço parte de religião alguma. Faço minhas orações conversando com Deus que está impregnado na minha fé (não tentem entender, eu me entendo)... O respeito aos seres humanos, aos animais e à natureza é premissa básica na minha vida.Cada um sabe o que faz e é dono de si. Assim como sou dona de mim e das minhas verdades, tenho direito de ter minhas opiniões. 

E como bem disse Voltaire: "Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las."

E eu digo e repito sempre: Quem tem fé, não tem medo.
Acho que vale a reflexão.

[Du]

5 comentários:

  1. Embora não seja dado a ngm compreender, eu entendo. Entendo desde que andei por [poucas] religiões e compreendi que muitos dos preconceitos humanos vem exatamente da obvia convicção de tudo saber, de a tudo conhecer. Eu tenho uma relação mto íntima com Deus, cujo intermédio só é feito pela minha oração e pelo meu louvor [preciso agradecer], mas nao coloco isso à mercê da compreensão de ngm.

    Me vedo, porém, a curiosidade de outras religiões, pq, exatamente por acreditar em energia, sei q nao preciso de interferências.

    Bjoo

    ResponderExcluir
  2. Acho que no momento em que avaliamos a necessidade de uma determinada religião a partir da conduta do seus seguidores, qualquer segmento religioso perde seu respaldo.

    Por exemplo, eu sou cristão, mas a maioria das pessoas espera que eu afirme isso por meio dos meus atos, porém, no caso especifico dos ensinos de Cristo, o ponto de vista é outro: o fazer ou deixar de fazer não implica em ser ou não cristão, pois isso eh mt subjetivo. Cristianismo é de dentro pra fora. O princípio de análise deve ser sempre os valores pessoais e coletivos paralelos ao determinado ensino religioso.

    Quanto a fé... acredito que ela deve ter uma base, um foco, uma origem. Fé apenas como um elemento intuitivo do ser humano, eu denomino pensamento positivo ou postura afirmativa, algo por ai...

    ResponderExcluir
  3. Também sou muito fã dessa tal ENERGIA!

    Ela nos move sempre e, quando a gente acha que acabou, está só começando!!

    Ter fé é tudo na vida, linda!!

    Beijo gigante!

    ResponderExcluir
  4. Fé é algo tão pessoal quanto o modo como você dobra o papel higiênico. Simples e complicada, acreditar é uma questão de escolha.

    ResponderExcluir
  5. Uma vez disse a alguém próximo a mim. Se tua crença te faz bem, então creia e seja feliz. Se te faz mal de forma a viveres na amargura, então liberte-se dela.

    Eu acredito em Deus, mas o deus em que acredito me deixa livre para crer ou não crer.

    Beijos, Du querida!

    ResponderExcluir

^ Suba