Fragmentos de @DomIsidro - O sábio do Mate!

18/04/2011


 
Na noite traço desejos, na noite domo vontades, na noite enfrento meus medos, rimo estrelas em segredo para abrandar tua saudade.

Tomou nos braços o livro e apertou com força contra o peito, nunca antes algumas linhas ao acaso tinham feito tanto sentido. #CurtaConto

E quem disse que não pode se apriosionar uma alma? São tantas almas manipuladas, roubadas, dilaceradas e por fim, abandonadas...

É a beleza, é a luz, eu nem sei bem, só sei que teu olhar tem algo puro, único, algo que os outros olhos não tem...

Estradeio caminhos alheios, caminho caminhos que trilhei, sigo a linha e a estrada que eu mesmo desenhei, estradeiro dos sonhos que sonhei...

Arrancar um sorriso doce mesmo em momentos de dor, talvez esta seja uma bela e sublime manifestação e vivência do amor...

A carência e a distância deixam algumas pessoas extremamente atraentes... Puxa vida! Que coisa, não?

A solidão e o abandono são doenças sem cura e sem volta pra quem condena os outros a elas...

A dor que consome aqueles que amamos, corroi em iguais proporções a alma daqueles que são capazes de amar...

A capacidade de criar uma nova vida é o que mais aproxima uma mulher de Deus... Pena toda a criação ter sua dose de tristeza...

Não se pode retomar os caminhos percorridos... A vida é um momento, e a cota de erros e acertos que ela encerra...

Muitos não reconhecem, ou não oferecem um abraço sincero. Terapia do abraço, é preciso um pouco de espaço, carinho e o calor de dois braços.

As últimas palavras permaneciam na recordação, a certeza de ser um filho muito amado, massageavam a alma e aqueciam o coração. #CurtaConto

Sem a certeza de que merecemos cada um dos nossos sonhos, os obstáculos se tornam ainda maiores...

Santos, poetas, ou homens de bem, algumas pessoas simplesmente espalham o amor por onde passam, cabe a nós imitar suas virtudes...

Muito obrigado pelo amor que recebi, pela dor que suavizei e os sorrisos que sorri. Sou peregrino do amor e venho agradecer o dia que vivi.
É bem assim que vou te amar, te mostrando que em meus braços, estás melhor do que em qualquer outro lugar...

Se vais ser minha inspiração, se em meus versos vens habitar, dá-me um gole do teu sorriso, dá-me um banho com teu olhar...

Não quero ser seu vicio, prefiro ser seu destino...


Vítor Isidro, por ele mesmo: "Um carregador de livros de filosofia, poeta, comediante, compositor, secretario, cozinheiro e mais um monte de coisas que não me deram fama... Apaixonado pelas coisas do meu chão... Ah, cevo um bom chimarrão..."

Siga no Twitter @DomIsidro
Siga na Blog Sábio do Mate 


3 comentários:

  1. Uau!

    Já gostei MUITO desse moço... me contagiou!!

    Perfeitos versos... lindas citações!

    Beijos, Du querida!

    ResponderExcluir
  2. Que coisa bonita. Obrigado, fico pensando se fui eu mesmo quem escreveu tudo isso... Ta aí, a beleza do amor compartilhado, a Du me faz ver a própria beleza das coisas que faço. Não é a primeira vez que me faz pensar naquilo que ja foi pensado (ou escrito, ou feito) pelo meu coração...
    Sem contar no monte de gente boa que to conhecendo, preciso repetir, está aí a beleza do amor compartilhado numa amizade.
    Bjo no coração

    ResponderExcluir
  3. sabe dom, transbordo dos olhos tanto chão, que chego a me perder no peito da terra-aldeia-pago-campo-horizonte... as antenas da gente é o solo... solilóquio nosso, canção pro mundo... mateamos solidariedade com alma aquecida... palavras que sorvermos em silêncio... seiva-raiz no encontro dos lábios... cantochão que entoamos em prece sem pejo...

    belo, du.

    abreijos

    ResponderExcluir

^ Suba