19 de mai de 2012

Dez grandes autores para crianças

De Saramago a Clarice Lispector, conheça os livros infantis escritos por grandes escritores:

A escritora mineira Adélia Prado estreou sua produção infantil com o livro
"Quando Eu Era Pequena", em 2006. Foto: Luigi Mamprin

Que tal dar uma forcinha extra para seu filho tomar gosto pela leitura apresentando-o a textos de autores consagrados? Há bons exemplos de escritores que, depois de se consolidarem na literatura adulta, enveredaram pela infantil. Caso da mineira Adélia Prado, que, em 2006, fez sua estreia com o livro para crianças Quando Eu Era Pequena e lança, em setembro, seu segundo título infantil, Carmela Vai à Escola.

O peruano Mario Vargas Llosa, vencedor do Prêmio Nobel de Literatura de 2010, é outro que, após uma carreira premiada, resolveu se aventurar a escrever para crianças, tarefa que ele classificou em entrevistas de “mais difícil” do que escrever para adultos. No início deste ano, chegou às livrarias Fonchito e a Lua, seu primeiro título para o público infantil. E esse não é uma fenômeno recente. As prateleiras das livrarias estão recheadas de livros feitos para os pequenos por nomes estrelados da literatura brasileira e estrangeira.

“Há ainda casos de escritores que, apesar de nunca terem produzido para as crianças, tiveram trechos de suas obras “reendereçadas” para os pequenos, em edições com ilustrações caprichadas para prender a atenção dos pequenos leitores”, diz João Luís Ceccantini, professor de literatura brasileira da Unesp (Universidade Estadual Paulista) de Assis, no interior de São Paulo.
Caso de Dez Bons Conselhos de Meu Pai, de João Ubaldo Ribeiro, outro título lançado no primeiro semestre. A obra, na verdade, era o apêndice de um livro sobre política que o autor baiano escreveu há 30 anos.

Mesmo esses autores tendo valor literário indiscutível não vale impor esses livros como única possibilidade de leitura para as crianças. “O leitor se forma na diversidade”, alerta o o professor Ceccatini. Confira a seguir sugestões de livros de dez importantes escritores:

1. Adélia Prado


Quando Eu Era Pequena (Record)

A infância da menina Carmela em uma cidade pequena é o fio condutor da história. Já os pais terão a sensação de estar lendo as memórias da autora. 

Carmela Vai à Escola (Record)

Carmela está de volta, mas agora tendo como cenário a escola. Apaixonada por livros e muito estudiosa, é também muito faladeira e até troca de lugar com a melhor amiga.

2. Mario Vargas Llosa

Fonchito e a Lua (Objetiva)

O menino Fonchito é apaixonado pela colega Nereida. Um dia, enche-se de coragem e pede a ela um beijo no rosto. A menina o desafia a trazer a Lua em troca do gesto.

3. João Ubaldo Ribeiro


Dez Bons Conselhos de Meu Pai (Objetiva)

“Não seja amargo”, “Não seja burro” e “Nunca seja medroso” são alguns dos conselhos que o autor recebeu de seu pai e coloca nessa obra.

4. Clarice Lispector


O Mistério do Coelho Pensante (Rocco)

Joãozinho é um coelho de pêlo branquinho que, quando a fome aperta, dá um jeito de abrir sua gaiola e sair em busca de comida. Nessas saídas, pega gosto pela liberdade.

5. Érico Veríssimo


As Aventuras do Avião Vermelho (Companhia das Letras) 

Preocupado com a desobediência do filho, Fernando, seu pai lhe dá de presente um livro. O menino se encanta com a história do Capitão Tormenta que viaja o mundo em um avião vermelho. Quando Fernando ganha um aviãozinho, está armado o cenário para muitas aventuras.

6. Pablo Neruda


Livro das Perguntas (Cosac Naif) 

“Por que o tubarão não ataca as impávidas sereias?” e “A fumaça fala com as nuvens?” são duas das 74 perguntas fora do comum do livro do poeta chileno, que faz o leitor criança ou adulto refletir.

7. Manoel de Barros


Poeminha em Língua de Brincar (Record)

Um dos livros da produção infantil do poeta mato-grossense, iniciada a partir de 2000. Na obra, palavras e ilustrações, feitas por Martha Barros, filho do escritor, criam um mundo cheio de simbologias.

8. Mário de Andrade


Será o Benedito? (Cosac Naif)

A construção de uma relação de amizade entre um homem vindo da cidade grande e um menino de 13 anos que vive na Fazenda Larga, no interior de São Paulo, é o tema desse livro.

9. José Saramago


O Silêncio da Água (Companhia das Letras)

À beira do rio Tejo, em Portugal, um menino vai pescar e fisga um enorme peixe, que arrebenta sua linha. Essa memória de infância do autor português é o ponto de partida da história.

10. Jorge Amado


O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá (Cia. Das Letrinhas)

Fábula sobre o amor impossível entre um gato mau humorado e uma bela andorinha. O autor escreveu a história por causa do aniversário de um ano de um dos filhos e não tinha intenção de publicá-la.

Por Adriana Nogueira
 

a moça do sonho Template by Ipietoon Cute Blog Design and Waterpark Gambang