22 de mai de 2012

Sobre nós e Macabéa


Vivemos achando que nada é por acaso, que tudo tem uma razão de ser, que estamos nesse mundo para cumprir uma espécie de missão ou coisa que o valha.

Mas, depois de ler "A Hora da Estrela" e conhecer a personagem Macabéa, fiquei pensando que as coisas podem não ser bem assim. Fiquei imaginando quantas pessoas existem por aí como Macabéa:

Ela não vive, ela simplesmente existe.
Vive por viver. 
É porque é. 
Está porque está. 
É do jeito que é, porque ninguém nunca lhe ensinou que podia ser diferente.
Faz tudo da forma que faz - mecanicamente - porque acredita que esse é o jeito certo de fazer as coisas e porque não tem outro jeito mesmo.
Você conhece alguém assim? Que sobrevive sem viver mas que nem por isso deseja a morte? Garanto que sim.

Esse livro mexeu comigo. Mexeu com minhas crenças, minhas idéias, minhas ilusões, meus traumas. Exagero? Pode ser... Ou não.

Nada é por acaso? Já não tenho tanta certeza.
Tudo tem que ter uma razão? Sei não...
As coisas acontecem da forma como queremos que aconteçam, sempre. E não estou falando de nossos sonhos e sim de nossas atitudes diárias ☺ atitudes = Livre arbítrio.

Para quem ainda não leu, vale a dica e a reflexão - porque cada um de nós vê as coisas ao seu modo, e aí é que está a beleza da vida, em suas contradições. 

É isso aí, 'A hora da estrela' é um livro para ler principalmente com os olhos da alma - e nunca mais esquecer!

[Dulce Miller]

Imagem daqui

2 comentários:

  1. Seguir a vida sem dar dar importancia as coisas pequenas, se importando com o que realmente interessa, as pessoas que gostamos e que gostam da gente ai a vida segue e com ela tristezas e alegrias...

    ResponderExcluir

 

a moça do sonho Template by Ipietoon Cute Blog Design and Waterpark Gambang