Direções opostas

24/04/2012


E de repente, eu me pego pensando e divagando sobre pessoas que simplesmente somem, desaparecem da vida da gente. Mas me refiro àquelas que de alguma forma deixam uma marquinha na nossa alma. E do nada, somem. Não sei vocês, mas eu me preocupo com elas, gostaria de ter notícias, gostaria de continuar o contato de alguma forma, mas enfim... a vida é assim. Onde estiverem, que fiquem bem.
Eu também. 
De vez em quando sumo e nunca mais volto... e nem é por falta de carinho. É o tipo de coisa que só quem se afasta sabe.
Da parte do outro, a gente nunca saberá. Pelo menos é o que a vida sempre indica. Direções opostas. Ou não.
Melhor deixar pra lá.

[Dulce Miller]

Imagem daqui
^ Suba