Poema e música - Azul

28/05/2012


Nuvem azul

O vento passeia veloz 
agitando as calmas ondas do mar 
leves gotas de chuva 
se confundem com lágrimas 
lágrimas de cansaço e desilusão...

Em outra parte, 
quem sabe, 
em outro mundo, 
possa existir a felicidade 
ou o verdadeiro amor 
escondidos em alguma nuvenzinha azul 
distante, brilhante, 
como se todas as estrelas morassem juntas 
formando um novo tempo. 
Com sua magia, 
enfeitiçaria os maus 
fazendo com que o mundo inteiro 
cantasse em uma só voz 
uma linda 
canção de amor...

Quem sabe?

[Dulce Miller – anos 90]



Imagem daqui
^ Suba