Dia do amor

20/07/2012

Vê-se claramente apenas com o coração. O essencial é invisível para os olhos!
[O Pequeno Príncipe]

Dizem por aí (com razão) que sou uma pessoa difícil. Quem convive comigo diariamente, fala inclusive que meu humor não é bipolar e sim, polipolar! Acho que não é uma patologia a ser tratada com remédios ou psicanalistas,  é um traço da minha personalidade (♫ eu nasci assim, eu cresci assim  - lembrando a música da novela Gabriela). No final das contas, sou uma pessoa bem humorada, e até por vezes, engraçada - com surtos de extrema  irritação e choro entre as risadas, claro... pois é, eu e minhas e(in)ternas contradições. 

Mas tudo isso que escrevi acima é porque eu mesma não entendo como as pessoas que eu amo (principalmente meus amigos) me aguentam. É sério! Eu deveria ser eremita, só que não... incomodar a paciência alheia é preciso.


Não gosto muito de datas comemorativas do tipo - dia das mães, pais, amigo... (pensando  bem, comemorar o dia dos namorados eu até acho que faz sentido, afinal, não é todo mundo que tem namorado e coisa e tal...) voltando... foco Du, foco! Porque eu acho que todo dia é dia de quem a gente ama e devemos comemorar SEMPRE, como se fosse uma oração de rotina, uma bênção.

Então... Tudo isso aí é pra dizer que tenho amigos m a r a v i l h o s o s, sem exagero! Ontem mesmo eu magoei, briguei com o Juca por telefone, vejam só que ingrata eu sou com um dos meus melhores amigos? Mas já tá tudo bem, pedi desculpas depois do puxão de orelhas que levei dele (a consciência doeu pra caramba!). E hoje de manhã bem cedo, recebi duas mensagens muito fofas pelo celular, uma da Andressa e outra da Nana, me fazendo chorar e lembrar que hoje oficialmente é o 'dia do amigo'. Recebi outro carinho em forma de imagem pelo Facebook, da Sandra - ela  tem um jeito único de me emocionar que eu nem consigo explicar, deve ser coisa de outras vidas, tamanha é a afinidade entre nós... vai saber... e  tô devendo uma visita pra minha mana Rosane, que eu amo tanto que nem sei. Aliás, eu sei sim. É uma amizade de muitos anos, nós duas já fizemos história(s). É amor de alma (ela dedicou uma música linda pra mim no Facebook hoje).

Só que eu não respondi, pensei em ligar, mas não liguei. Resolvi escrever aqui pro mundo inteiro saber do meu amor por elas. E pelo Juca também... e pelo Léo que literalmente me suporta diariamente. Eu pergunto como?  Ele responde: Porque eu te amo, sua boba!

Então... beijos de muita luz para os amigos de verdade que eu tenho e que não foram citados aqui (eles sabem quem são). É que talvez, graças à minha 'polipolaridade', posso afirmar sem demagogia que os  amigos que conquistei não são 'poucos e bons'. São muitos... e os melhores!

[Dulce Miller]

Ah, já ia esquecendo! Vou deixar uma música que eu A M O aqui, a letra não tem nada a ver com amizade. Mas e daí? É um pedacinho de mim, assim como vocês também são - o melhor de mim.



^ Suba