Viciados em Internet

14/10/2012


Cada vez mais pessoas buscam ajuda para o tratamento das dependências tecnológicas (internet e vídeo game).

Isso ocorre devido a vários aspectos psicológicos (baixa autoestima, depressão, fobias sociais, dentre tantos outros) e sociais (solidão, isolamento e o estilo de vida nos grandes centros urbanos).

Tal panorama se dá em função do crescimento acelerado do acesso à Internet a população em geral e, em contrapartida, da tendência ao sedentarismo e a reclusão emocional. 

O que é dependência de Internet? 

A Dependência da Internet manifesta-se como uma inabilidade do indivíduo em controlar o uso e o envolvimento crescente com a Internet e com os assuntos afins, que por sua vez conduzem a uma perda progressiva de controle e aumento do desconforto emocional. 

Com efeitos sociais significativamente negativos, os indivíduos que despendem horas excessivas na Internet, tendem a utilizá-la como meios primários de aliviar a tensão e a depressão; apresentam a perda do sono em consequência do incitamento causado pela estimulação psicológica e podem desenvolver problemas em suas relações interpessoais. 

Além disso, os dependentes usam a rede como uma ferramenta social e de comunicação, pois têm uma experiência maior de prazer e de satisfação quando estão online, podendo esse ser um fator preditor para a dependência. Nessa vertente, alguns estudos consideram a sensação subjetiva de busca e/ou a autoestima rebaixada, timidez, baixa confiança em si mesmo e baixa pró-atividade como outros fatores preditores para o uso abusivo da Internet. 

Critérios de dependência de Internet 

Se você presentar, pelo menos, 5 dos 8 critérios abaixo descritos procure por um especialista para uma melhor avaliação. 

(1) Preocupação excessiva com a Internet 

(2) Necessidade de aumentar o tempo conectado (online) para ter a mesma satisfação 

(3) Exibir esforços repetidos para diminuir o tempo de uso da Internet 

(4) Apresentar irritabilidade e/ou depressão 

(5) Quando o uso da Internet é restringido, apresenta labilidade emocional (Internet como forma de regulação emocional) 

(6) Permanecer mais conectado (online) do que o programado 

(7) Ter o Trabalho e as relações familiares e sociais em risco pelo uso excessivo

(8) Mentir aos outros a respeito da quantidade de horas conectadas 

Tipos de dependência:

- E-mails;

- Chats (salas de bate-papo) 

- Jogos online;

- Compras.

- Sites com conteúdo especifico (eróticos, de relacionamento, bolsa da valores, busca de informações e etc). 

SERVIÇO:
Onde procurar ajuda – tratamento gratuito
PRO-AMITI - Serviço do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP - R. Dr. Ovídio Pires de Campos, 785 - São Paulo - SP - Brasil - CEP 01060-970 - + 55 11 2661-7805

Texto extraído do Vya Estelar, escrito  por Ana Maria Costa.


^ Suba