Eu não sou de lua

13/12/2012



Eu não sou de lua. Sou sempre a mesma independente do que aconteça.

Pessoas do meu convívio social que trocam de humor constantemente me incomodam profundamente, porque eu não sou assim, então fica difícil entender e aceitar, mas eu encaro, já que não tem outro jeito mesmo... Se eu tenho problemas, os problemas são só meus, não atiro farpas nos outros por isso. Se minha vida não anda bem, ninguém tem culpa... então por que tenho que aguentar que descontem em minha paciência o que não tem nada a ver comigo? Não dá.

Se gentileza gera gentileza (e eu acredito de verdade nisto) a animosidade gera o mesmo e é propagada muito rápido também. Não é coisa pra ser cultivada no dia a dia. Energia é renovável ( não custa nada lembrar ) e é coisa muito séria. Nuvens negras acima da minha cabeça me fazem mal e eu preciso muito de sorrisos, só assim minha alma fica feliz e agradece da mesma forma - e não entristece pelo que não tem culpa.

As pessoas estão desumanas, mais individualistas, mais egoístas, mais egocêntricas. E sinceramente acho que comportamentos assim não retrocedem, não tem volta. 

Eu lamento muito (mesmo!) pela minha sensibilidade exagerada.

O mundo está ao contrário e eu reparo a todo instante.

[ Dulce Miller ]

Imagem daqui
^ Suba