O Diário da borboleta

30/12/2012


Oi Gente! 

Quem vos fala é Izabel Brum. Gosto que me chamem de Iza. Sou uma pessoa que adora brincar, mas só quando conheço a pessoa. Se não conheço fico extremamente tímida. Mas se tenho que falar em público sou bem extrovertida.

Não, não estou tomando conta do blog da Moça. Foi ela quem me convidou e eu estou adorando me ver aqui.

Quando a Du me convidou para escrever no blog dela, primeiro gelei; depois fiquei é toda contente. Seria a primeira vez a escrever em um blog de uma moça que tanto adoro. 

Como podem ver não sou escritora e nem poetisa como a Du, mas sou uma admiradora ferrenha desse tipo de escrita. Tanto é que não perco nenhuma postagem onde a Du está escrevendo sobre ela, seus poemas e seus contos.

E não é só porque a Du é minha amiga, é porque ela tem o talento de transformar em arte tudo aquilo que ela faz.

Ainda não a conheço pessoalmente, mas penso que ela tem em comum comigo a capacidade de ler a alma de quem está escrevendo e se conhecermos antes a alma de quem escreve conheceremos a pessoa em maior profundidade. 

Bom, na conversa que tivemos, ela me pediu para escrever dizendo por que escrevo. 

Eu tenho um blog feito para compartilhar a forma como vejo o mundo em que vivo. Quando eu decidi compartilhar minhas idéias online eu estava numa depressão das mais horrorosas, daquelas que só compreende quem passou pela mesma situação. 

Como sou de guardar o que sinto escrever ali me salvou.

Tanto é que se vocês forem ver hoje encontrarão uma pessoa totalmente livre, tanto da depressão inicial quanto dos remédios para a mesma. 

Chega de deprê... XÔ... Sai de mim... Vá de retro... Kkk


Para escrever não uso nada mais do que sentar e ir digitando como se estivesse conversando com alguém do meu lado. Fica bem mais fácil para quem não tem a escrita como arte. 

Olha, vou te contar: escrever online foi o que me salvou e continua sendo fundamental para mim.

Blogar, para mim, é como antigamente quando ainda escrevíamos cartas. Blogar é como escrever cartas abertas para quem quiser ler.

E para finalizar esta cartinha que deixo aqui no blog da Du, para os leitores dela; só tenho a agradecer a Moça do Sonho. 

Agradecer por todo esse tempo que estamos juntas online e pela oportunidade de vir rabiscar aqui para os leitores dela. 

Ah, gente... To me sentindo... Me deixa tá... Kkk


[ Izabel Brum escreve no Barbolisa, lá você terá oportunidade de conhecer praticamente tudo sobre o que ela pensa e sente sobre a vida -  vale conferir! ]
Iza, te admiro muito. Por tua força, coragem e sinceridade. Ter tua amizade é um privilégio pra mim. Por tudo isso e principalmente porque sempre esteve ao meu lado (apesar da distância física), te amo!
 Du



^ Suba