16 de fev de 2013

a memória carregada de lembranças, e uma saudade incomodativa...

Pintura de Richard S Johnson

Separação.

O pensamento insiste em lembrar; as conversas regadas pela emoção, da alegria radiante do reencontro inesperado, da esperança de um novo recomeço, da crença de que os amores genuínos resistem ao tempo e a distância.
Palavras escritas, promessas registradas, sonhos que encantaram a vida na primavera daquele ano.
Cumplicidade e sintonia foram cantiga de roda e as descobertas de tanto em comum enfeitavam o cotidiano.
E foi tanta alegria, verdade e sintonia que o mundo se encheu de graça para esse amor. Nada foi mais tenso e intenso. Finitude não se cogitava, somente juras de laços eternos. Até depois da vida.
No entanto, uma linha tênue divisa o encanto da realidade. Desconhecido é o avesso de cada um. O momento seguinte é descoberta.
Na memória, invadida por lembranças, o gosto do inesquecível.

Cármen Quadros
14/02/2013


1 comentários:

 

a moça do sonho Template by Ipietoon Cute Blog Design and Waterpark Gambang