7 de mai de 2013

a música que fez o poema, by @MayAlmeidaaa


Em cada desaperceber-se, o motivo mais forte resta: sentir
Em cada uma minha incompletude a parte intensa 
é a infinitude que insurge unindo-me a ti 
em cada manhã a que o "lá fora" convida.

Parece que os espaços aonde andas só
fazem nascer o sol 
quase mesmo de entre os teus braços
Porque és tu a parte que parte
sem de mim ir jamais
É o inteiro que me salva
da selva de rostos anônimos 
que entediam a minha poesia 
condenando-a a trancar-se no porão da negligência
para não dividir-se entre tais estranhezas 

Ainda é único o teu nome: essa parte linda
da canção mais primitiva que me escapa da garganta
a escalar as árvores do jardim de todas as possibilidades
deixando pedaços inteiros de paz escapulirem dos nossos bolsos
espalhando-se em aleatória mentira, pra reunirmos nas mãos 
a extensão de tantas sonhadas verdades

 M.Almeida  ]

2 comentários:


  1. Passei os momentos mais difíceis de minha vida pertinho de você.
    Lá no Norte.

    Eu a amo...

    ResponderExcluir

  2. As vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas..

    O tempo passa...E os sonhos é que eram grandes, para pessoas pequenas demais... para torna-los reais!!!
    C / amizade Célia.

    ResponderExcluir

 

a moça do sonho Template by Ipietoon Cute Blog Design and Waterpark Gambang