Os descaminhos do amor...

19/05/2013


A bússola está nas tuas mãos e nas estrelas eu não consigo me orientar. Não te peço muito, amor… apenas: -acende a luz do farol pra mim? 

[Dulce Miller]
Imagem daqui

5 comentários:

  1. O seu lindo blog continua um encanto. O amor é a bússola mais bela que existe. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Minha bússola quebrou. Dá pra acreditar? rs!

    ResponderExcluir

  3. Não tenho bússola...perdi-a e nunca mais encontrei...!

    Beijo...Dulce;
    " Célia "

    ResponderExcluir
  4. Poema bem sensível.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Porque vim...
    Foi o que me trouxe até aqui... Vim buscar a inspiração que anda pouca, vim curar a voz das letras que anda rouca, vim matar a saudade de um olhar...
    E achei o que vim buscar... Vim em busca desta bússola do tempo que, qual a outra, aponta sempre o que se quer, vim reaver aquele verso solitário que tantas vezes de um simples comentário, fez poema pra os meus versos libertar... Achei o que vim buscar! Achei o norte que pauta minha canção, achei o olhar que me faz rima ao coração, achei o riso escondido pelo catre, achei a vida que ainda lume no meu mate.

    Precisei vir até aqui reencontrar os meus versos e matar a saudade de escrever contigo. Muito bom passar aqui... E assim, mais um comentário vira post lá no Sábio do Mate... Abraço baita.

    ResponderExcluir

^ Suba