15 de jul de 2013

Das Letras, meu amor.


Perdida na poesia, reencontro no papel em branco a certeza de uma sintonia calada, velada de odores e sentidos, capaz de transformar qualquer fraqueza e dor em alegria incontida que transpira afeto. Vejo palavras onde não posso enxergar... sinto vibrando na canção que toca no vazio do meu silêncio interno e nas nuvens que se afastam descobrindo o céu deixando inebriadas as sensações mágicas de ilusão, do que ainda não aconteceu, mas vai... e as letras vão se unindo num infinito que eu tento traduzir em gestos, mas não consigo. Elas vivem em mim, dançando amorosamente no ritmo das batidas do meu coração, transformando em abrigo a solidão.

[ Dulce Miller ]

Imagem daqui
 

a moça do sonho Template by Ipietoon Cute Blog Design and Waterpark Gambang