Do amor, além

18/10/2013





Com uma pontinha de vento, fizemos com uma parcela generosa do tempo uma capela no campo da memória de dentro. 

Plantamos flores em volta de todo terreno e nossos pés andavam descalços, sentir o gomo da terra se fazia prazer necessário. Como uma benção o sol revezava com a chuva pro arco-íris aparecer ao menos uma vez por semana. 

Éramos cor em ação e nossas orações nutriam sopro de vida, dois corações em sintonia com marés de intenções, em preciosas atenções. 

A espera, dom da vida, se fez presença distante, porém constante. A cada palavra proferida, um gesto de amor. Um mar de delicadezas despertou nossas ondas mais profundas, afogando tristezas, regenerando certezas. 

E a maior de todas, 
Deus vivia em cada partícula de nós. 

[ Dulce Miller ]
Imagem Pinterest

Um comentário:

  1. Muito bonito.Creio que vive ainda ( Deus ,em cada partícula )é o tipo de coisa eterna...

    ResponderExcluir

^ Suba