Primeira mostra de #tuiteratura no Brasil, por @gisellezamboni!

21/04/2013



Ancorada nos conceitos de cibercultura, interatividade e experiências sensoriais, a Mostra, que traduz o espírito colaborativo das redes sociais, propõe o contato do público com a TUITERATURA, neologismo aportuguesado para este movimento que faz uso do Twitter como plataforma de um fazer literário enxuto, condensado em 140 caracteres. A exposição aborda um movimento que nasce em rede, caracterizado pelo compartilhamento de afinidades literárias, numa troca constante em que se sobressai o prazer de ler e escrever.

Serão expostas criações autorais de escritores consagrados e novos talentos da literatura contemporânea, através de uma instalação com arquitetura cenográfica, tecnologia e programação próprias para responderem, numa grande tela, à presença física dos visitantes.

Marcada por aspectos inclusivos e de acessibilidade, com soluções cenográficas em braille e sonoras, a Mostra convida à interação todos aqueles que quiserem participar também como autores. Para isso, basta enviar sua criação literária, em até 140 caracteres, através do Twitter, marcando cada post com #tuiteratura, a hashtag da Mostra.

Assim, uma nova exposição se construirá a cada dia, com a seleção de novos tuites literários produzidos em rede e em tempo real. Estão todos convidados a buscar e fruir do ideal poético da imagem que comove, faz suspirar ou rir, suspendendo o tempo, para além do tom confessional das redes sociais, indo da escritura na tela do computador às possibilidades de imaginação presentes em uma exposição. 

[Reni Adriano, Assistente de Curadoria] Mais informações: clique aqui.

Eu, como @dullimm, vou participar da exposição com cinco frases escolhidas pela Giselle. A emoção de saber que vou 'me ler' lá e que mais 'um mundo de gente' também vai me ler/ver é tão grande que mal consigo definir como me sinto. Por enquanto só consigo chorar de alegria! Eu AMO escrever. Não é por 'aparecer'... é pelo reconhecimento do meu talento e isto sinceramente, não tem preço.


Esta exposição é pioneira, a Giselle (na foto) é uma guerreira e tenho certeza que o nome dela ainda vai entrar para a história da literatura moderna depois desta conquista. PARABÉNS E MUITO OBRIGADA, querida poet'amiga!


^ Suba