Das metades

22/08/2013


Tantos olhares... 
Quantas vidas dentro de um só olhar e nenhum deles sabe o que vai dentro do meu. 

O mundo inteiro piscando para mim, sob o manto embrutecido das luzes da cidade. 
Eu olho e não vejo nada do que eu queria ver, porque está preso nos sentidos e no sangue.
Não tenho mais seu olhar que era afago, mas vejo seu sorriso com meu coração e isto deveria ser bom.

Vejo carinho, abraço e felicidade. Vejo suor e beijos esfomeados.Vejo amor entrelaçado.
E tudo mais que eu não queria ver de olhos fechados.

Vida partida ao meio, saudade...
... me vejo pela metade.


[Dulce Miller]
imagem daqui
^ Suba