Alimento da alma

05/07/2015



E naquele nosso (re)encontro, chuvas de beijos serão inevitáveis? Talvez... (in)devidamente desertificadas as ilusões, adubaremos corpo e coração em emoções indetermináveis.

( só o amor floresce na ausência )


| Dulce Miller |

Um comentário:

  1. Bravo! Que casamento bacana esse do abraço nietzschiano com as tuas palavras soçobrantes sobre esse amor inesgotável, que sempre sabe se renovar... Emocionante, de verdade!

    Já sobre o Face, vejo mais pontos negativos que positivos: os amigos de longa data, que passaram a "abraçar causas" e a atropelar mesmo os mais íntimos que pensam diferentemente dele; os somente conhecidos, que vivem a se expor com 'selfies' e frasesinhas mequetrefes de autoajuda que irritam mais do que acrescentam; as ainda insuportáveis "campanhas" (a maioria delas falsa!); os convites para joguinhos idiotas, que invadem seu PC e fazem miséria com a sua privacidade de dados e contatos etc. Mantenho-me por lá, entretanto, simplesmente para me atualizar das notícias importantes em tempo real ou para, no auge de algum tema "polêmico", digressar um pouco por sobre as mentes mais duras...

    Saudades de você, amiga-relicário, apareça: tem um "Montão" de Cinema nos Morcegos! Abração!

    ResponderExcluir

^ Suba