das minhas incoerências

10/12/2015



Acredito e muito na força da fé. Não acredito em religião, de jeito nenhum. Acredito na solidariedade, de verdade. Não acredito em quem faz o bem para aparecer e posar de bonzinho. Acredito na natureza humana dos seres humanos. Não acredito em quem acredita ter sempre razão. Tenho medo da força destruidora da vaidade. Eu acredito em sorrisos cansados. Não acredito em lágrimas de vitimismo e autopiedade. Não acredito no que vejo, acredito no que sinto.

| Dulce Miller |



2 comentários:

  1. Olá Dulce ! Sempre frontal nas suas palavras ,na sua maneira de dizer, que sempre admiro, de vez em quando nos encontramos...
    de vez em quando escrevo, não me comprometo, para quê !não sei se cumpro... é ao sabor do tempo ! Saudações...

    ResponderExcluir
  2. Oi Du! Estava com saudade...Eu é que ando encolhida; recolhida com medo do que vi de perto: como a vida é frágil! E ficamos encapados na pose, no ego...Ah, tá doendo um bocado, mas estou fazendo um saco de sentimento sem sentido pra fogueira das verdades. Um beijão!

    ResponderExcluir

^ Suba