Voo

06/03/2016



 Escrevo minhas asas.
sonho o infinito do verbo
na tua pele
decifrando a chuva

leia-me
no vento.



Dulce Miller






Um comentário:

  1. Oi Dulce. Você sempre consegue dizer tanto, mesmo com poucas palavras. É sempre um prazer vir aqui. bjooo.

    ResponderExcluir

^ Suba